Paletas multifuncionais favoritas!
Maquiagem
Paletas multifuncionais favoritas!
Sistema Velvet – nova base, corretivo e pó de contém1g
Maquiagem
Sistema Velvet – nova base, corretivo e pó de contém1g
Batom marrom – 6 indicações para entrar na tendência!
Maquiagem
Batom marrom – 6 indicações para entrar na tendência!
Dupes nacionais de makes gringas!
Beleza
Dupes nacionais de makes gringas!
Glycolic TX – a nova base do Boticário
Beleza
Glycolic TX – a nova base do Boticário
Máscara de cílios – indicações para cada gosto!
Maquiagem
Máscara de cílios – indicações para cada gosto!
MaquiagemGoogle it: batom líquido é o item de beleza mais pesquisado no mundo
ModaTendência: Flat Sunnies
Pets

Adestramento de cães, uma nova profissão para mulheres

em 19/09/2016 por Sara Favinha

Há cerca de doze anos atrás, quando comecei a trabalhar como adestradora, a maioria esmagadora de profissionais dessa área eram homens. No entanto, hoje temos uma equipe de mais de quarenta adestradores, sendo que 76% são mulheres! O que será que aconteceu na profissão nos últimos anos para que isso fosse possível? Vamos ver…

Mulheres no mercado de trabalho

Nos últimos 30 anos, a força de trabalho feminina no Brasil aumentou muito. Em 1976, 29% das mulheres trabalhavam, no ano 2000 mais de 40% estavam trabalhando ou buscando emprego e em 2007 53% das mulheres estavam no mercado de trabalho. Esse crescimento teve uma grande repercussão na profissão de adestramento de animais e também o fato de que muitas mulheres começaram a ocupar cargos antes ocupados majoritariamente por homens.

IMG_7551

Adestradora Bruna Menezes com sua pitbull Gaia

Mudança no relacionamento do cão e da família

Há pouco tempo atrás, era comum que os cães vivessem apenas nos quintais. Hoje essa realidade mudou, muitos cães convivem com suas famílias dentro de casa e participam de quase todas as atividades, o que estreitou muito mais a relação homem-cão e fez com que o cão se tornasse um importante membro da família.

Adestramento Positivo

A recente popularização das técnicas de adestramento positivo, que não admite nenhum tipo de punição física (coleira de choque, colar de garra, trancos na guia) e punição psicológica (qualquer objeto que gere sustos ou medo como latinhas cheias de moedas, borrifador de água, extintor de incêndio, biribinhas ou broncas e ameaças), fez com que as mulheres se interessassem mais pela profissão, pois a maioria delas que entram em contato conosco seja para adestrar seu cãozinho ou para fazer parte da equipe não toleram qualquer tipo de violência aos animais.

Caraterísticas femininas

Existem diversas características femininas que fazem com que as mulheres se destaquem como adestradoras, não só aqui no Brasil como no exterior também, onde são as grandes e mais bem sucedidas referências na área de comportamento e treinamento animal. As principais são:

  1. Capacidade de perceber o outro – é muito importante se colocar no lugar do cão que estamos treinando e as mulheres fazem isso com facilidade
  2. Sensibilidade – a mulher possui uma grande sensibilidade para entender o animal
  3. Paciência – muitas vezes é necessário ter muuuita paciência e respeitar o ritmo de evolução de cada cão, sem nunca forçá-lo a enfrentar uma situação que não esteja emocionalmente preparado
  4. Determinação e persistência – as mulheres raramente desistem de seus objetivos e muitas vezes fazem muito mais do que foi combinado para alcançar o sucesso no treinamento, elas realmente se doam de corpo e alma
  5. Respeito – por respeitarem os animais e seus donos, têm muito tato para intermediar mudanças necessárias na rotina da família, bem como ensinam os donos a como respeitar a linguagem corporal de seus cães

Hoje em dia aquela história de que é preciso ter força bruta para se adestrar um cão está muito longe da realidade das técnicas positivas e modernas de treinamento, que convencem o animal sem forçar, que colocam regras sem agressividade e que respeitam a linguagem corporal do cão e a sua natureza colaborativa.

Adestradora Fernanda Conrado e sua border collie Catarina

Adestradora Fernanda Conrado e sua border collie Catarina

Gostou desse post?
Cadastre-se e receba todas as nossas dicas, artigos e tutoriais por email!
Conversa com a gente
  1. Jose
    20/08/2020 às 22:45

    Quero saber quantos custa pra educar o cao

  2. Protege Animais Santos
    03/07/2017 às 15:42

    QUEM PODERIA ME ENSINAR A ME ADESTRAR?

  3. Franci Pacheco
    19/09/2016 às 18:18

    muito interessante esse post e essas estatísticas

  4. Tatiane Nascimento
    19/09/2016 às 16:27

    Um cachorro ensinado e obdiente é outra coisa né?hhahahahhh