Paletas multifuncionais favoritas!
Maquiagem
Paletas multifuncionais favoritas!
Sistema Velvet – nova base, corretivo e pó de contém1g
Maquiagem
Sistema Velvet – nova base, corretivo e pó de contém1g
Batom marrom – 6 indicações para entrar na tendência!
Maquiagem
Batom marrom – 6 indicações para entrar na tendência!
Dupes nacionais de makes gringas!
Beleza
Dupes nacionais de makes gringas!
Glycolic TX – a nova base do Boticário
Beleza
Glycolic TX – a nova base do Boticário
Máscara de cílios – indicações para cada gosto!
Maquiagem
Máscara de cílios – indicações para cada gosto!
VídeosQual é o lado bom e ruim de blogar?
VídeosTag da Verdade! Contando tudo!
Cabelos

Existe um cabeleireiro ou salão perfeito para você?

em 19/08/2014 por Karen Bachini

IMG_0967

Vocês já repararam que nem sempre “cobrar caro” e “ser famoso” fazem de um salão um bom salão? Na verdade, os melhores cortes de cabelos que eu já tive foram em salões que me cobraram R$30-40 no corte, e as melhores tinturas me custaram R$25 + a tinta.

Parece até piada eu contar para vocês que hoje, quando eu tento cortar o meu cabelo em um dos salões aqui de São Paulo eu pago em média uns R$250 no corte, e esse valor é super normal por aqui, em salões medianos. Para pintar nem se fala, ainda mais se você quiser fazer alguma coisa tipo luzes… Outro dia uma amiga minha fez e pagou R$900, ACREDITAM?

Desde que eu me mudei para São Paulo -e os 4 anos que morei em São José dos Campos contam viu? – eu reparei que quanto maior e mais famoso o salão é, menos o profissional se importa com o que você realmente quer para o seu cabelo. Eles tem uma idéia própria sobre o que vai ficar bom em você e sobre o que está na moda, e decidem fazer isso no seu cabelo independente do que você quer. E pior ainda: eles se preocupam em fazer um corte que fique bonito modelado, enquanto você está no salão. Mas poucos se preocupam em fazer um corte que realmente fique bom depois que você lava o cabelo em casa e não passa nenhum daqueles produtos que ele tem disponível no salão, mas você não tem em casa.

Eu já passei por isso não uma, nem duas, nem três vezes nos últimos 5 anos. Até eu achar um bom salão em SJC, onde a cabeleireira realmente me escutava, demorou ohhh, muitos cabelos ruins. E por causa de profissionais que não me respeitaram eu passei uns 3 anos tendo um cabelo que eu não queria, simplesmente porque eles foram incapazes de fazer o que eu pedi.

E parece maldade mas não é não. Eu tenho certeza absoluta que você, ou alguma amiga sua, passou por alguma coisa parecida nos últimos 6 meses. Eu mesma tenho 2 amigas que passaram por situações parecidas nesse último mês. Uma pediu para tirar as pontas e ganhou 6 dedos a menos no cabelo. A outra, teve o cabelo cortado completamente torto, um absurdo. Ambas em salões grandes e renomados, com profissionais que se gabam por ter trabalhado no salão X, Y e Z, e cortado o cabelo de fulana, beutrana e ciclana.

E sabe o que me deixa mais chateada? É que quando isso acontece tudo que você pode fazer é um escândalo, e chorar ou reclamar no facebook. Ninguém realmente te ouve, não há um lugar para onde você possa ir e tentar ter os seus direitos ou pelo menos reclamar do profissional onde outras pessoas vão ler. O seu cabelo está mais curto, ou mais danificado, ou muito mais cagado do que você queria, a culpa é do profissional que você pagou e não fez um bom serviço e não há nada que você possa fazer a não ser esperar crescer.

E todo mundo sabe que cabelo é uma das coisas que mais mexe com a auto estima da mulher. É aquela coisa que, se não estiver do jeitinho que a gente quer, faz a gente ficar realmente infeliz, se olhar no espelho todos os dias e se odiar.

E é por esses e outros motivos que eu ando pensando 15x antes de cortar ou pintar meu cabelo ultimamente.

Gostou desse post?
Cadastre-se e receba todas as nossas dicas, artigos e tutoriais por email!
Conversa com a gente
  1. Dayde
    18/12/2015 às 22:28

    Olá, boa noite! Moro em São José dos Campos e gostaria de saber qual salão daqui que vc achou bom. Grata.

  2. Ana Cláudia
    13/12/2015 às 14:57

    Olá,

    Eu também moro em SJC.
    Poderia me passar o contato do profissional que falou no post.

    Obrigada,

  3. Rebeca
    04/10/2015 às 22:54

    Olá,

    Moro em SJC.
    Poderia me passar o contato do profissional que falou no post.

    Grata,

  4. Fabiana
    20/09/2014 às 20:25

    Kah, vi um post sobre indicação de salões aqui no blog onde vc indicava a Nilceia de Niterói porém é um post do ano passado e não consigo contato por aquele telefone. Você tem o endereço e tel atualizados dela? Bjao

  5. Andressa
    08/09/2014 às 18:28

    Comecei a acompanhar o seu blog recentemente e não podia concordar mais com esse post!
    Não sei onde você mora, mas se é em SP recomendo MUITO o salão L’Acorone, pilotado pelo Rodrigo Acorone. Faço meu cabelo com ele há uns 6-7 anos e o preço é super hiper ultra baixo pra qualidade do serviço que eles oferecem São uns queridos e não erram. Confio plenamente.

    Aqui tá a página dele no face! https://www.facebook.com/LacoroneHairStudio

    Se você for, me conta!

  6. 05/09/2014 às 02:46

    Continuação Desculpa não te acompanhar muito sou muito fã mais vou ser mamãe e curso não me deixa com tempo nem minha paixão que é ver seu blog e me inspirar para escrever no meu eu consigo mais saiba que você é linda te amo sua linda.. Parabéns pelo trabalho.

  7. 05/09/2014 às 02:44

    Oi kah adorei esse assunto pois você realmente tem razão hoje em dia cada vez os salões se preocupa menos com nossos cabelos hoje faço curso de cabeleireira eu sou muito elogiada no curso pois eu me preocupo muito com a satisfação do meu cliente pois do que adianta ter um salão enorme com vários funcionários se nenhum e competente. Ja fui num salão em são paulo uns dos mais famosos dai não vou comentar o nome do salão kah mais aqui em jundiaí tem filiais dele aqui a muitas mulheres reclama dos corte e tinturas alem que um corte neste salão não é menos do que 900,00 reais imagine o resto eu fui neste salão participar com eles da Hair Brasil .. o atendimento é bom só que a qualidade nem tanto hoje me preocupo em termina meu curso e ter um salão de qualidade . Ainda mais que vou ser mamãe então preciso ser uma ótima mãe e uma ótima cabeleireira . Espero que se existe pessoas que queira ter seu próprio salão mais que eles usam seus conhecimento para satisfação dos cliente e não só ganhos pro salão e clientes insatisfeitos.
    é isso Kah desabafei..

    • 09/09/2014 às 12:07

      Kkkkkkkkk ta certo isso é uma coisa que indigna muita gente, tem que desabafar mesmo.

  8. 03/09/2014 às 16:08

    Oi kah!
    entendo o que você disse. eu demorei uns 3 anos pra achar uma pessoa que cuidasse realmente do eu cabelo como eu gostaria. todas as tentativas, fiz em um salão grande, e fui tentando profissionais diferentes. mas realmente é revoltante fazer um investimento num lugar e não ser garantido um profissional que faça o que foi pedido. eu moro próximo a paulista, se quiser te digo quem descolore e corta meu cabelo, faço isso a cada 6 meses :D

  9. Kika Del Piero
    27/08/2014 às 00:14

    Só confio meu cabelo ao Ricardo Chamorro do Circus Hair Pamplona. Ele é daqueles cabeleireiros que posso falar, faça o que quiser.

  10. Thaís
    25/08/2014 às 22:57

    Nossa, você falou tudo! Passei um sufoco em janeiro pq fui inventar de fazer luzes num salão que chama Boneca de Luxo aqui em bsb. Simplesmente detonaram um cabelo sem química, forte e saudável chegando a um nível de dano que eu nem sabia que era possível. Até hoje estou com uma parte do cabelo (que para completar é a franja) completamente zuada. Eu deveria ter feito um escândalo em rede social na época. mas você já se sente tão arrasada com o estado tenebroso do cabelo que nem tem vontade de se expor mais.

  11. Cristiane Garcia
    25/08/2014 às 10:31

    Tenho o mesmo cabeleireiro faz uns 10 anos,mas antes passei por uma peregrinação. Cortaram meu cabelo torno, danificaram, só tinha decepção.
    Meu cabeleireiro não cobra preços absurdos, confio tanto nele que quando me pergunta o corte que quero falo pra ele usar a inspiração…rs. Se um dia ele resolver não cortar mais cabelos tô frita!!!

  12. Ro
    24/08/2014 às 12:43

    Oi Kah!Tudo bem?
    Complicado mesmo encontrar um profissional
    que atenda às expectativas.
    Por favor,procuro um cabeleireiro para
    cabelos cacheados,então@,Gi,se você puder
    fornecer o contato do seu cabeleireiro,fi-
    caria muito feliz.Obrigada.
    Abraços.

  13. Dandara
    22/08/2014 às 23:08

    Podem me chamar de trilouca, ou do c****** que quiserem mas eu não pago em hipótese alguma por um trabalho mal feito ou de uma forma que não pedi. E se cortar demais ou danificar muito acho que fico com tanta raiva que processo! Vai ser estressante mas impune não deixo! Por essas e outras só vou a salões pra fazer o que realmente não consigo, a vida é muito curta para me irritar com tanta frequência. Se quer uma dica, tente procurar salões menores, de pessoas mais simples. Como elas precisam de cada cliente tendem a ser mais atenciosas e mais fieis. É meio complicado de saber quem realmente tem conhecimento pra fazer o que você quer, mas acho que ainda vale mais a pena!

  14. Raiana Pereira
    22/08/2014 às 19:39

    Nossa! sei bem como é, já passei tanto por isso que hj só vou no salão para fazer a permanente afro uma ao ano! O resto? eu corto, pinto, faço unha maquiagem e sobrancelha.
    Salão, não obrigada!
    bjos

  15. Bruna Oliveira
    22/08/2014 às 19:34

    Nossa, Kah, eu quase nunca comento (#alô,preguiça), mas dessa vez eu me identifiquei tanto!
    Eu sempre fui dessas com alma de camaleão, que nunca sossegava com um cabelo, mas eu tinha uma cabeleireira muito boa pra fazer isso. O único problema dela era a síndrome de Edward: não podia ver um cabelo que queria picotar tudo. Meu cabelo é cacheado, o que significa que 2 dedos equivalem à 1 palmo. O fato é que ela se mudou pros cafundéis de judas e eu comecei a caçar outro salão bom, mas foi aborrecimento atras de aborrecimento. No último episódio, a mulher conversando com uma amiga, sem prestar atenção em nada. Resultado: um cabelo 5 dedos mais curto e ainda por cima torto! E eu só queria tirar as pontas! Depois disso, me dediquei a aprender a cuidar de mim sozinha. Ainda não sei cortar, mas até tintura eu faço em casa (luzes, californianas, etc..)
    Me livrar de salão foi a melhor coisa que eu fiz (:

  16. Michelle
    22/08/2014 às 05:20

    Eu sofri com isso há pouco tempo Ka!
    Queria um loiro claro acinzentado e saí do salão com a cor mais estranha e horrível da face da terra, fiquei bem deprimida com isso.
    Depois pedi indicação pra uma amiga que tem um cabelo lindo haha e fui num salão até que famosinho da minha cidade, não achei o preço abusivo e meu cabelo ficou do jeitinho que eu queria. (:
    E caramba, 900 reais??? Amiga guerreira essa aí haha

  17. Manu
    21/08/2014 às 20:00

    Nossa, achei que era só em Brasília que estava assim… rsrs Sou de BH e lá eu tinha minha cabeleireira que, na maiora das vezes, acerteva. Aqui em BSB já passei por vários salões, pagando caro e acontece exatamente o que vc falou: por mais que vc tente explicar e mostrar fotos o “profissional” faz o que quer, ignora totalmente o que vc pediu e no fim alguns tem a cara de pau de falar que não dava pra fazer o que vc tinha pedido. Pergunta: PQ VC NÃO ME AVISOU ANTES?! a pessoa podia ser pelo menos honesta, falar olha, isso que vc ta pedindo não vai dar por causa disso disso e daquilo, mas não, eles sorriem, concordam e fazem o que querem. Ah, e ainda cobram caro, bem caro depois. Estou com o cabelo que não quero há algum tempo, esperando crescer e ainda meio sem coragem, pensando no que vou fazer.

  18. Lilian
    21/08/2014 às 14:44

    Pra mim o pior de tudo é que vc vai em salão, eles vão cobrando cada coisinha em separado (lavado, shampoo, as doses do produto usado e mais mão de obra de cada coisa, e alguns cobram até o reparador de pontas que passam no final da escova). Quando vc vê a conta pra pagar bate aquele desespero porque é uma fortuna!

  19. Silvia Gonçalves Lopes Siqueira
    21/08/2014 às 11:02

    Fato!! Que bom que não é chatisse minha então. Sou de São Paulo, moro há 20 anos em Caraguá, já cortei, pintei e bordei no meu cabelo, mas, como vc mesma disse, salão caro não é sinônimo de satisfação, pois os profissionais não são fixos e nem sempre o dono tem o cuidado de ver como anda o atendimento deixando na mão de encarregados as vezes não muito preocupados com a sua opinião. O negócio é pesquisar antes e procurar ver se o profissional tem aval de outras pessoas conhecidas suas. Beijos!!

  20. Lyni
    20/08/2014 às 23:02

    Kah nunca comento aqui, mas hoje tive que comentar pois passe exatamente isso que vc falou. Quis cortar o cabelo pois o mesmo estava enorme, e pedi pra cortar de uma forma e ele ficou totalmente diferente do que eu pedi e do que eu queria. O pior que eu tinha que tirar foto 3×4, pois recentemente passei na OAB e para a documentação preciso tirar foto e levar para fazerem a minha carteirinha. A moral da história é que vou ficar com o meu cabelo torto, com uma foto péssima e toda vez que eu olhar pra minha carteirinha vou ver que estou com um corte que eu nunca quis. O que se dá pra fazer? é esperar o cabelo crescer novamente e depois cortar e rezar pra que dessa vez fique do jeito que vc quer.

    • 21/08/2014 às 15:57

      É uma situação horrível ! Pelo menos com o tempo da pra consertar. :)

  21. Mayara
    20/08/2014 às 18:06

    Adoreeei o post kah!! Em junho eu estava com o cabelo enooooooorme, maravilhoso e estava querendo dar um corte legal nele mas ai fui nessas de ir pra um salão chic e caro aqui da minha cidade.. Santos- SP… Sai de lá quase chorando e literalmente chorei quando cheguei em casa… o cabeleireiro que é o dono do salão cortou meu cabelo torto e tosou o mesmo.. até hoje eu e nenhum outro profissional entendemos o que ele fez… muito triste…. =( em contrapartida eu, minha irmã e prima sempre que cortamos em um salão mega simples em cima de um açougue (hahaha fazemos piada a essa localização do salão) saimos de lá super feliz e sentindo que fomos respeitadas pois fomos ouvidas… cabeleireiros estrelas são UÒ!!!! =S

  22. Vanessa
    20/08/2014 às 17:14

    Depois de inumeras tentativas desisti de salões…hj em dia no youtube tem uma infinidade de videos ensinando passo a passo, inclusive aprendi a cortar meu cabelo graças ao Rodrigo Cintra no quadro esquadrão da moda! hahaha
    se é pra estragar meu cabelo que seja eu mesma e de graça!!! hahahahaha

  23. 20/08/2014 às 15:40

    Kah, você morou em SJC??? hahah eu sou de lá, minha família mora em SJ, mas eu moro em SP há 8 anos…fiquei feliz em saber isso <3! Pois é, salão está uma coisa super complicada aqui em SP, já tive as mesmas experiências que você e outras mulheres…muito ruim isso, a gente paga super caro e na hora que o cabelo está escovado tá tudo lindo, mas depois que lavamos é super complicado de lidar, frustração na certa! O meu último ombré hair tive que voltar no salão para corrigir o tom, nem o meu marido estava aguentando me ver do jeito que estava…triste isso…kkkkkk…mas deu certo, foi ajustado e pronto. Mas eu fico pulando de salão em salão, o atendimento em alguns deles deixa a desejar, você é só mais uma…bom, enquanto isso a gente continua a procurar um que atenda o que a gente realmente quer…Beijos

  24. Aline de Carvalho
    20/08/2014 às 15:21

    Um dia meu cabeleireiro não quis cortar meu cabelo por motivos de “hoje não estou a fim”, fui até o shopping mais próximo e na raiva me joguei na mão de outro profissional desconhecido eeeee…me apaixonei! Ela já mudou de salão várias vezes e até de município e eu sempre vou atrás! Uma vez perdi o número dele e ele mudou de salão e eu até chorei haha..aí trombei ele na rua (mundo te amo)..os salões que ele trabalha custam em média 40/50 reais o corte, o que como você mesma disse é um valor baixo em SP capital, mas eu pago o que for por ele.
    Já cortei num salão renomado e já fiz progressiva em outro de celebridades e nunca fiquei tão satisfeita quanto o bom e velho salão do lado do trabalho que faz até cupom de compra coletiva!

    Esses profissionais que não te ouvem e acham que te entendem são muito ruins! Hoje eu chego no salão e falo “corta aí”, mas ele me conhece há 8 anos então só um “corta” e ele já sabe o que eu espero.

    Acho que só nunca fiquei muito P da vida pq eu sou de opinião de que cabelo cresce e deixa a vida rolar..rs..mas a grana gasta sempre me deixa brava quando não vale o que eu paguei!

  25. Gi
    20/08/2014 às 13:26

    Nossa, tb me identifiquei mto com o post! Tenho cabelo cacheado, imagine o drama… Já fui em cabeleireiro top q não tinha a mínima ideia de como finalizar penteando meu cabelo. Fiquei tipo bruxa, sabe?! Mais volume que a Elba Ramalho e a Betânia juntas! hahaha Mas hj tb achei um profissional à moda antiga, salão super simples, cobra R$ 30 e se esmera ao máximo pra fazer um bom corte. E sabe arrumar cabelo cacheado como eu! Bjs

  26. Franci Pacheco
    20/08/2014 às 12:39

    Ficou perfeito esse post, Káh. Fiquei sem palavras, concordo com tudo o que tu disse.

  27. aline
    20/08/2014 às 12:37

    Em minha cidade o corte não passa de R$100,00.
    E os mais caros q já paguei foram os piores,não só o corte como a tintura e a progressiva. E o pior é q nem tem como reclamar, o máximo q dá para fazer é não voltar mais.
    O último q fui cortou torto e desfiado,o qé péssimo para cabelos com química. Aí uma cabeleireira do meu bairro (q atende na casa dela) acertou um pouco e como quero q cresça tenho q ir acertando aos poucos.
    Progressiva foi a mesma coisa, fizeram com produtos importados do Japão e nada de alisar meu cabelo crespo,é claro!
    Percebo q as profissionais de salões pequenos são bem mais cuidadosas e atenciosas, só não pode virar amiga q daí diminui o zelo e o cuidado.

  28. Tatiana
    20/08/2014 às 12:30

    Já tive problemas com cabelereiro também.
    Tinha um cabelereiro muito bom que cortava em casa e era super barato. Mas ele começou a dar o cano demais, até que uma vez eu e minha mãe nos irritamos e não o chamamos mais.
    Aí tentei ir em 2 cabelereiros e não gostei. Uma não me escutava também.
    O meu atual, to cortando com ele a 1 ano e 4 meses já e adoro! E o corte é 50 reais.
    Nunca fui nesses salões caros não, pagar mais de 100 reais num corte é absurdo demais.

  29. TATA SOUZA
    20/08/2014 às 11:35

    Ka, qual salão você indica em SP? Não tenho a habilidade necessária para pintar e cortar o cabelo em casa, então sempre procuro lugares de confiança.

  30. leila
    20/08/2014 às 11:20

    Pense numa pessoa que fica tensa quando vai ao salão? As moças são ninjas e quando menos você espera já se foi metade do teu cabelo pro ralo, quando vc queria apenas cortar as pontinhas.Foram várias vezes que passei por isso, ficava apreensiva quando olhava a tesoura e praticamente segurava a mão da criatura pedindo “calma, vai com calma”.
    Pagar pra sofrer não é comigo, por isso decidi cortar eu mesma em casa, hidratar, pintar, leva mais tempo mas sei como vai ficar e se der Mer** fui eu mesma que fiz. =)
    O que mais me irrita é que a maioria só sabe cortar cabelo liso, e não sabem tratar, cortar cabelo como o meu que é crespo! Affff

  31. Hamanda
    20/08/2014 às 11:01

    Nossa quando eu fui em SP eu fiquei abismada quando minha cunhada disse que pagou R$ 800,00 pra arrumar a cagada que outro cabeleireiro fez, aqui em brasília eles cobram R$ 40,00 pra pintar e eu já acho caro shaushauhsaua é ridículo esses profissionais que não sabem fazer o trabalho deles, que é simplesmente fazer o que a cliente pede. Por isso que eu não pinto meu cabelo, faço escovinha-chapinha-cachinhos sei lá tudo em casa. E é por isso que eu to deixando meu cabelo crescer, pra eu mesma cortar, porque em por enquanto minha tia corta minhas pontas, mas já cansei de ir em salão com o cabelo grande e voltar com ele curtinho =/

    Kah próxima vez que quiser arrumar o cabelo vem pra cá, que mesmo com passagem sai mais barato que pagar salão aí hsaushausha

  32. 20/08/2014 às 10:55

    Adorei o post Kah.
    Realmente é muito dificil encontrar, eu corto num de bairro que custa R$ 40,00 , e ela faz um corte ok, normal mas nunca reclamei .
    Agora tintura eu não pago nunca mais para ela, acho que não se atualiza nos novos metodos, e só sabe fazer aquelas luzes, fora quando não mancha o cabelo.
    Estou pensando seriamente em ir num desses mega caros para pintar, mas olha imagina pagar 600 reais e não gostar, ai ai ai.estou seguindo o profissional no insta e vejo ele fazendo lindas transformações e cores linda (claro que na hora que acabou de fazer, depois só deus sabe) , mas acho que vou arriscar e rezar para dar certo.
    Já pintei muito em casa, e foi quando tive os melhores resultados, no ombres das vida, mas mesmo quando dá errado não fico tão brava pois não gastei muito.
    Beijos Joka

  33. Merlin
    20/08/2014 às 09:52

    Fazem mais de 10 anos que a minha mãe corta as pontas do meu cabelo. Não vale a pena pagar por um corte que no final não fica como a gente quer. Meu cabelo é liso, comprido, sem química e tem um corte reto. Sério, dá pra tirar as pontas em menos de 2 minutos :) , mas se eu fosse no salão me cobrariam como se fizessem um “Grande serviço de transformação”… Fora que cortam torto, ou tiram demais no comprimento…
    P.S. e eu detesto que mexam no meu cabelo, então, mais um bom motivo pra evitar salão.

  34. 20/08/2014 às 08:27

    Amei o post, Karen. Acho que tem que ser uma relação de confiança entre a gente e o cabeleireiro. Nome de salão nem sempre quer dizer muito além do nome, tem muitas cabeleireiras nos bairros e profissionais com pequenos salões que fazem muito mais!

  35. Renata
    20/08/2014 às 05:11

    Ka, eu sou “paulista de gema”, e cansei de passar por esse tipo de situação que vc retratou (pagar caro, e ainda sair insatisfeita do salão, com a nítida sensação de que você não recebeu o que pediu). Até que eu conheci uma profissional que realmente tem feito algo raro de se encontrar: ela ouve! Já aconteceu várias vezes de eu ir querendo fazer algo no meu cabelo (tipo californiana), e, ela sentar comigo e explicar o por quê não ser o ideal para o meu cabelo. Ou seja, ela não ignorou a minha vontade e foi fazer algo da cabeça dela, diferente do que eu queria. Ela me explicou a razão de não achar apropriado pra mim (e me convenceu, inclusive, o que é uma situação bem diferente, pois você não se sente enganada). Em outra ocasião, ela foi honesta o suficiente para me falar “olha, eu posso pintar o cabelo da cor que você quiser, mas a questão é se você vai ter disposição de tempo e dinheiro pra ficar voltando aqui toda hora. Se eu pintar seu cabelo de uma cor muito diferente da sua base, eu vou criar uma dependência em você, entende?”. Curti muito a honestidade, e voltei a acreditar nos profissionais da área. Enfim, é meio raro, mas ainda há gente boa e bacana por aí. Inclusive, me avise se quiser o contato dela, haha. E, sempre tem a opção do faça você mesmo, né? Eu passei mais de um ano fazendo tudo no meu próprio cabelo, kkkkk. Bjão!

  36. Natália
    20/08/2014 às 00:04

    Vish, isso é muito comum! Em março fui fazer californianas em um salão top da minha cidade (afinal, ja tinha passado por muitas experiências ruins, não queria outra né, escolhi salão top, vi muitas fotos dos trabalhos e opiniao de clientes). Paguei caro, muito caro, e resultado: fiquei com o cabelo inteirooo loiro! Não ficou feio, mas não era o que eu queria, não mesmo… andei de cabelo preso 20 dias até poder ir em outro pintar…

  37. Gerlaine Rocha
    19/08/2014 às 23:48

    Eu tenho cortado o cabelo em casa, mas quando quero mudar alguma coisa no corte vou num salão que cobra só 15 reais. Por 25 reais ela corta e escova e o resultado sempre fica ótimo.
    Isso lá em Cachoeiras de Macacu, município vizinho dá sua terra! haha

  38. Renatta Toledo
    19/08/2014 às 23:37

    Ah, Kah, te entendo super! Desde a vez que fui a um salão com nome aqui em SP e deixaram minha franja mais curta do que a da Amelie Poulain, fico muito receosa para entregar minhas madeixas nas mãos de alguém. Inclusive, na minha opinião deveria existir uma lei para serviços capilares: se o profissional não fizer o serviço que foi pedido (e te deixar com vontade de chorar/socar/matar de tanta raiva), o valor equivalente deveria ser PAGO a cliente por danos morais (afinal, vai ser a coitada que vai ter que aguentar o corte ou cor feio por tanto tempo até ficar apresentável novamente)…. hahahahaha

  39. 19/08/2014 às 23:07

    Nossa Kah, que descaso com o consumidor. Aqui no RJ os cortes em salões medianos estão em torno de 50/70 reais, já passei muito aperto como cabelo tb, mas acredita que os melhores cabeleireiros que encontrei são aqueles que atendem em sua própria casa e cobram as vezes até um pouco mais caro que alguns salões mas a satisfação é garantida.
    Beijos da Vick
    http://www.vickneumann.com

  40. Patrícia
    19/08/2014 às 22:11

    Kah, nunca fui em salões tão caros, mas já passei por muitos problemas com cabeleireiros, desde a minha infância. Por ter cabelo crespo, parece que muitos não sabem o que fazer e acabam cortando de qualquer jeito. Sem contar os que cortam do jeito que eles querem e não respeitam a minha opinião. Cansada de tudo isso, faz uns dois anos que eu mesma corto as minhas pontas em casa. Não dá para fazer um corte legal, mas ao menos não saio com o cabelo estragado. Bjs

  41. 19/08/2014 às 21:24

    Nossa, já passei tanto por isso. Atualmente a única pessoa que corta meu cabelo é uma amiga minha, que corta na casa dela, por 20 reais. Nunca tive uma cabeleireira tão boa.

  42. 19/08/2014 às 21:15

    Noooossa, estou passando exatamente por isso.Nos últimos anos pulei de salão em salão procurando um cabeleireiro que corte meu cabelo dignamente.Já paguei caro, barato, baratíssimo e o melhor foi um micro salão de bairro onde paguei 15 reais no corte! Estou enrolando há meses pra cortar de novo por medo de estragarem meu cabelo :/

    • 20/08/2014 às 10:09

      É complicado, cada pessoa tem uma solução diferente, você vai ter que ir na tentativa errando e acertando até achar a sua. Boa sorte ! ;D

  43. Paula
    19/08/2014 às 20:05

    Por esse motivo acabei aprendendo a cortar e pintar meu cabelo em casa. Não vou ao salão para nada, nem para fazer unha.

    • 20/08/2014 às 10:10

      Nossa, você deve ter muita habilidade para essas coisas ! Parabéns :D

  44. 19/08/2014 às 18:41

    Nossa imagine cortar o cabelo e ter que pagar 250,00,prefria ficar com o cabelo no pé….hahahhh
    Muito dificil achar um bom cabeleireiro e eu que tenho cabelo enrolado,eles sempre fazem M.

  45. Talita
    19/08/2014 às 17:22

    Sempre tive esse problema, mas principalmente nos salões mais baratinhos! Eu era OBRIGADA a ir a cada 2-3 meses, por variados motivos: corte ruim, mal feito, diferente do que queria ou pq crescia de uma forma horrenda e eu tinha que correr pra deixar meus cabelos cacheados(e até então grandes) de um jeitinho melhor.
    Foi aí que resolvi pagar mais caro e me arriscar com um profissional que eu já ouvia falar mt bem do trabalho, mas só o conhecia de fora do salão, como amigo mesmo. Eu tinha medo de ir nele e me sentir como me senti a vida toda: cobaia (parece que querem testar todas as novidades cabelísticas no nosso cabelo)!
    Resolvi arriscar… da primeira vez, pedi pra tirar só as pontinhas, já imaginando que sairia dali com 1 palmo de cabelo a menos (nos salões anteriores me justificavam dizendo que a culpa era do cabelo cacheado que encolhia). MAS, ele cortou aparentemente pouco e não sei como, fez um milagre no meu cabelo! Ficou lindo, viçoso, do jeito que eu sempre quis. Não precisei cortar cabelo por 6 meses (duraria mais, mas quis voltar nele). Voltei e deixei ele fazer o que quisesse, mas nada muito curto! Ele fez outro milagre e eu amei de novo! Fiquei 1 ano e 4 meses sem cortar NADA do cabelo e há 2 semanas voltei lá com meu cabelo quase na bunda (coisa feia de se falar… rs) e, antes de eu explicar nos mínimos detalhes o que queria, ele me falou exatamente o que estava na minha cabeça e fez um corte lindo… no ombro, no estilo que está usando agora!
    Acho o valor do corte caro (110,00), mas não abro mão de que seja ele a cortar meu cabelo!!! Como vc disse, cabelo é uma coisa que se não tiver como a gente quer nos deixa realmente tristes, então, encaro como um investimento!!!rs
    Chega de testamento!!!rs

    Kah… gosto mt do seu blog! Vc dá dicas valiosas e verdadeiras (coisa rara)!!!
    Bjs

    • 26/08/2014 às 09:06

      Que sorte que você encontrou um muito bom que você se dê bem! :DD

  46. Luana
    19/08/2014 às 16:53

    Karen, adoro seu blog e seus textos, você parece ser uma pessoa de “verdade”. Tenho pouco cabelo, acho que nem você (disse num vídeo que você mostrava seus modeladores prediletos e tal) daí queria saber se você já encucou com isso, fez tratamento ou viu que era normal? E o que tu faz para fazer algum “penteado”? Pq vejo muitos tutoriais que não posso fazer por falta de madeixas rsrs. Quais você mais faz?

    Obrigada!

    • 27/08/2014 às 16:55

      Eu desencanei sabe? hehehe só parei de tentar dar mais volume e aceitei que ele não tem muito :D

  47. Alba
    19/08/2014 às 15:22

    Não é exatamente, assim, não! Você encomendou um serviço a um profissional, no caso um cabeleireiro. Forma-se um contrato entre você e ele. Se o sujeito for famoso por essa ou aquela técnica, que a levou a procurá-lo, surge uma obrigação de resultado, a menos que ele explique o contrário antes de começar. Feito o serviço, ele tem de cumprir o que te “vendeu”. Se não, recuse-se a apagar e chame a polícia. Todo consumidor tem direito a um serviço/produto, bem prestado em boas condições. O prestador do serviço terá de te indenizar, cabelo torto, manchado, danos ao couro cabeludo, ou te oferecer um serviço que recupere o dano, mas a escolha será sempre sua. Sorte por aí, cara!

  48. Vivi Mesquita
    19/08/2014 às 13:31

    Te acompanho faz tempo e nunca comentei. Mas hoje TINHA que comentar.
    Sofri muuuuuito com essas histórias de corte, salão etc.
    Sempre frustrada! Sabe qual foi a solução? Autodidata do youtube. Hoje sou em quem corta meu cabelo.
    Praticamente não vou mais em salão. Faço minhas unhas, minha maquiagem (aprendi muito com você), cabelo (corte e penteados), sobrancelhas.
    Poupei dinheiro e estresse.