Paletas multifuncionais favoritas!
Maquiagem
Paletas multifuncionais favoritas!
Sistema Velvet – nova base, corretivo e pó de contém1g
Maquiagem
Sistema Velvet – nova base, corretivo e pó de contém1g
Batom marrom – 6 indicações para entrar na tendência!
Maquiagem
Batom marrom – 6 indicações para entrar na tendência!
Dupes nacionais de makes gringas!
Beleza
Dupes nacionais de makes gringas!
Glycolic TX – a nova base do Boticário
Beleza
Glycolic TX – a nova base do Boticário
Máscara de cílios – indicações para cada gosto!
Maquiagem
Máscara de cílios – indicações para cada gosto!
ModaTop meias geek pra dar um upgrade no seu visual
ModaJéssica Belcost na Lojinha da Petite Jolie!
Tv, Séries e Livros

A probabilidade estatística do amor à primeira vista (Jennifer E. Smith)

em 27/03/2015 por Gabriela Cubayachi

a-probabilidade-estatistica-do-amor-a-primeira-vista-resenha-livro

A resenha literária de hoje, é de um dos livros MAIS fofos do mundo! Foi um dos meus favoritos de 2014 e faz um bom tempo que eu queria resenhá-lo aqui pra vocês. A minha edição é em inglês, mas o livro também foi publicado aqui no Brasil pela Galera Record! :)

Autora: Jennifer E. Smith | Páginas: 236 | Editora: Poppy

* Esta resenha NÃO tem spoilers! 

a-probabilidade-estatistica-do-amor-a-primeira-vista-resenha

O livro vai contar a história da Hadley, uma adolescente norte-americana que está indo para o casamento do pai em Londres. Quando chega no aeroporto, ela acaba perdendo seu vôo por 4 minutos e, por causa disso, precisa esperar pelo próximo, que só sai em algumas horas. Enquanto espera, ela acaba conhecendo o Oliver, um garoto britânico que faz faculdade no Estados Unidos e que está indo para Londres no mesmo vôo que ela.

Toda a história acontece em apenas 24 horas, então o relacionamento entre a Hadley e o Oliver está naquela fase inicial, quando eles ainda não se conhecem muito bem e tudo é um mistério, hehe. Quando li a sinopse desse livro, achei bem fofa, mas confesso que não esperava muita coisa e acabei me surpreendendo muito e de forma mais do que positiva!  Foi um livro que me prendeu muito e ao mesmo tempo que eu não conseguia parar de ler, eu também não queria que terminasse.

a-probabilidade-estatistica-do-amor-a-primeira-vista-resenha-livro-blog

Mesmo o título do livro trazendo toda a ideia de “amor à primeira vista” e o Oliver sendo um britânico mega fofo que lê Charles Dickens (como não se apaixonar de primeira? haha!), eu achei que o relacionamento entre ele e a Hadley foi muito bem trabalhado e aconteceu no ritmo certo, sabem? Não ficou aquela coisa forçada e clichê que a gente vê em alguns livros, em que eles já estão perdidamente apaixonados em duas páginas. A autora soube trabalhar muito bem os relacionamentos e a gente também consegue se apegar bastante aos personagens, o que me surpreendeu demais, ainda mais levando em consideração que a história toda acontece em 24 horas.

livro-a-probabilidade-estatistica-do-amor-a-primeira-vista-resenha

Outra coisa que eu amei, é que a relação entre a Hadley e o pai foi um dos pontos principais do enredo e que o livro também aborda a Síndrome do Pânico. Mesmo sendo assuntos delicados, a autora conseguiu abordá-los de uma forma bem leve, o que fez com que eu me prendesse ainda mais à história. Consegui me identificar muito com várias partes e pensamentos tanto da Hadley, quanto do Oliver. Por mais que seja um livro sobre destino, amor à primeira vista e probabilidades, a autora faz com que a gente sinta que aquelas situações poderiam realmente acontecer.

livro-resenha-a-probabilidade-estatistica-do-amor-a-primeira-vista-resenha-livro-BLOG

Também amei, amei, amei que esse livro acontece durante uma viagem! Eu amo aeroportos, o clima de viagem e o relacionamento que você cria com as pessoas, mesmo que às vezes você não saiba nem o nome delas ou se algum dia vai vê-las de novo. Eu mesma tenho memórias muito boas de várias pessoas que conheci assim e acho que existe algo muito especial nisso, hehe!

Esse livro é incrível e virou um dos meus xodós. Não é um livro que vai mudar a sua vida completamente, mas vai fazer você sorrir e amar demais a leitura. Eu recomendo muito, muito, muito!

probabilidade-estatistica-do-amor-a-primeira-vista-resenha-blog-literario

“It’s not the changes that will break your heart, it’s that tug of familiarity.”

“Because the truth is that now that he’s here, she can’t imagine it any other way. Now that he’s here, she worries that crossing an entire ocean with someone between them might be something like torture.”

“Who would have guessed that four minutes could change everything?”

E vocês, já leram ou ouviram falar desse livro?

Gostou desse post?
Cadastre-se e receba todas as nossas dicas, artigos e tutoriais por email!
Conversa com a gente
  1. 09/04/2015 às 07:06

    Aii esse livro é tão amor! Já li duas vezes. Ele é dinâmico, empolgante e ao mesmo tempo, profundo. Adorei sua resenha, parabéns. Um beijo.

  2. 30/03/2015 às 19:42

    Ouvi muito falar desse livro mas nunca parei pra ler. Sua resenha me deu vontade de ler porque, honestamente, minha única desculpa pra não ter lido ainda é o medo de o relacionamento dos dois ser forçado demais, uma vez que foi basicamente à primeira vista, como o próprio nome diz.

    • 08/04/2015 às 19:01

      Oi Bianca!
      Ahhhh, se esse é o seu medo, então pode ler, hehe! Eu tinha o mesmo receio, mas acabei me surpreendendo demais <3

  3. 29/03/2015 às 19:28

    Eu simplesmente amei esse livro! Eu o comprei por recomendação de uma menina que estava lendo Um dia (meu favorito) na escola e ela disse que o único do gênero que ela havia gostado mais foi esse. Aí já viu, o li em menos de 24 horas e já quero ler novamente. E acho a capa br mais bonita <3
    Um Minuto de Verão (link da minha resenha)

  4. 29/03/2015 às 18:08

    Este livro é mesmo um amor. <3
    Eu li faz um tempinho e realmente, não tem uma história muito marcante, mas é muito fofo e nos deixa felizes.

    • 08/04/2015 às 19:03

      Verdade, Leli! É um livro que traz uma sensação muito boa, mesmo tendo um enredo simples. Amor demais <3

  5. Ana Luiza
    28/03/2015 às 20:46

    Tenho muita curiosidade de ler esse livro, principalmente por causa do título, que foi meu amor a primeira vista kk O inglês dele é muito difícil? Você acha que uma iniciante consegue ler?

    • 08/04/2015 às 19:08

      Oi Ana!
      Aaaaai, leia sim. É um amor! <3
      E oh, eu acho ele ótimo pra quem quer começar a ler em inglês, porque tem uma linguagem bem simples. Uma coisa muito legal, é que o Oliver é britânico e a Hadley é norte-americana, então em várias partes do livro os dois brincam com algumas palavrinhas que são diferentes e a gente acaba aprendendo ainda mais vocabulário! <3

      Ps: Fiz um post aqui no blog com dicas pra ler em inglês, pensei que você poderia gostar, hehe!
      http://eaibeleza.com/livros/5-dicas-que-vao-te-ajudar-ler-em-ingles/

  6. Tereza
    28/03/2015 às 12:54

    Já quero ler!! Vc sabe de algum lugar no internet que venda livros em inglês? Já fui em livrarias daqui de Fortaleza mas nunca encontro livro que preste.. =/

    • 08/04/2015 às 19:11

      Oi Tereza!
      Então, na internet eu geralmente compro pelo Book Depository (www.bookdepository.com). O frete pro Brasil é grátis e eu nunca tive problemas. O único porém, é que acaba demorando entre 1 ou 2 meses pra chegar, por causa da receita federal, etc! :/ Mas como é livro, eles não podem taxar.

      E alguns sites brasileiros tem sessões de livros em inglês também, como a Livraria Cultura e o Submarino, por exemplo!

  7. 27/03/2015 às 20:43

    Já tinha ouvido falar do livro sim e agora fiquei morrendo de vontade de ler, vou colocar na minha lista.
    http://www.issoaquiloetal.wordpress.com

  8. 27/03/2015 às 16:30

    Adorei o post…

  9. 27/03/2015 às 11:59

    Eu li esse livro, e também amei!
    Comprei mais pela capa (que é linda ♥) e deixei ele de canto, confesso. Resolvi pegar pra ler e em alguns dias tinha devorado! É muito fofo, realmente!
    Beijos :*

    • 27/03/2015 às 16:49

      É um amoooor, né? Também sou apaixonada pela capa! Não consegui resistir quando vi na livraria, hehe!
      Acho que é um dos livros mais fofos que já li até hoje!

  10. Franci Pacheco
    27/03/2015 às 11:19

    Eu já ouvi falar mas nunca li, porém está na minha lista de compras *-*