Paletas de 9 sombras Ruby Rose
Maquiagem
Paletas de 9 sombras Ruby Rose
Paleta Sunflower Bru Tavares
Maquiagem
Paleta Sunflower Bru Tavares
swatches da base ruby rose natural look
Maquiagem
swatches da base ruby rose natural look
Novas máscaras FOREO UFO
Beleza
Novas máscaras FOREO UFO
Lançamento: Tudo sobre o Anthelios Color Dose da La Roche-Posay
Beleza
Lançamento: Tudo sobre o Anthelios Color Dose da La Roche-Posay
Resenha: Base Flawless Skin Cushion da Klasmé
Maquiagem
Resenha: Base Flawless Skin Cushion da Klasmé
BelezaHAVE FUN! Divirta-se com os melhores memes de beleza
MaquiagemResenha: Base Líquida Alta Cobertura da Quem disse Berenice?
Off

Cultura de estupro – Quem de nós será a próxima?

em 27/05/2016 por Gleici Duarte

Esta semana, uma menina de 16 anos foi dopada, violentada e estuprada por 33 homens na periferia do Rio de Janeiro. O ato foi filmado expondo seu corpo nu, ferido e ainda sangrando. Rapidamente, mulheres se juntaram para identificar a vítima, agressores e denunciar o vídeo e, em contra partida, poucos homens se manifestaram sobre, pois a maioria estava mais interessada em ver o vídeo do que ajudar de fato.

Onde começa a cultura de estupro?

estupro

É uma de nós a cada 11 minutos. Isso mesmo, 11 minutos. Quase 50.000 por ano em 2014, onde estima-se que apenas 37% dos casos são notificados.

Eles dizem que isso é coisa de homem doente, louco. Trinta e três homens doentes juntos, ao acaso, todos acometidos pela mesma insanidade?

Nós mulheres temos medo. Medo de não chegarmos em casa na volta do trabalho, medo de usar uma roupa diferente, medo de perder a vida. Eles confundem nossos medos com receio de ser assaltada no caminho de casa. Afinal, só nós sabemos o pânico e terror que é enxergar um homem atrás de nós numa rua escura.

“Mas nem todo homem é estuprador.” Eu gostaria que eles se indignassem com estupro e ódio às mulheres da mesma forma que se sentem ofendidos ao serem generalizados.

Todo homem pode cometer um estupro. Sim, todo homem. Estupradores são filhos, pais, irmãos, tios e nem por isso deixam de estuprar. Generalizamos pois temos receio, pois ao nosso desabafo, mais vale um ego masculino magoado do que mais uma de nós violentada. E isso não é de hoje, desde criança nossas mães têm receio de dormirmos na casa de nossas amigas, por quê? Nós nascemos e crescemos sabendo do risco que é ter um homem por perto.

Estupro é todo ato libidinoso cometido sem consentimento.

Estupram quando se aproveitam de uma menina bêbada em uma balada.

Estupram quando roubam beijos, passam a mão, se esfregam.

Estupram quando “forçam” sexo com a namorada.

Incentivam estupro quando, em casos de violência, perguntam sobre a aparência, roupas, pessoas e lugar onde a mulher estavam.

Incentivam quando recebem nudes não autorizadas de uma garota pelos amigos e não faz nada a respeito.

Incentivam estupro quando se calam diante a piadas machistas e de ódio às mulheres.

Incentivam quando não ensinam seus filhos sobre consentimento.

São a favor do estupro quando não ensinam seus filhos a não estuprarem e sim às suas filhas a se resguardarem.

  • Aos que reclamam que estamos exagerando e generalizando, como vocês acham que nos sentimos com esse tipo de homem em todos os lugares?

cultura estupro

Via feminismo empoderador.

A culpa é da vítima? Ela pediu? Ela merecia?

“Se ela estivesse estudando isso não aconteceria!”
Menina estuprada em escola de São Paulo reconhece agressores: http://glo.bo/1TZ6Ej0

“Se ela estivesse na igreja isso não aconteceria!”
Jovem é estuprada dentro de secretaria de igreja em Brasília: http://bit.ly/1NQpoVc

“Se ela estivesse em casa isso não aconteceria!”
Morre jovem encontrada com sinais de estupro dentro de casa na Zona Norte: http://bit.ly/1qMl4Lu

“Se ela estivesse trabalhando isso não aconteceria!”
Jovem é atacada e estuprada a caminho do trabalho: http://bit.ly/1P19Wpq

“Se ela tivesse um namorado fixo isso não aconteceria!”
‘Meu namorado me estuprou por um ano enquanto eu dormia’: http://bbc.in/27UhJvG

“Se ela fosse mais família isso não aconteceria!”
Adolescente com deficiência física é estuprada pelo tio em RR: http://glo.bo/1THnB47

“Se ela fosse menos ‘puta’ isso não aconteceria!”
Menina (de 1 ano e meio) morta em igreja foi violentada: http://bit.ly/1Z3LEM4

“Se ela tivesse mais cuidado isso não aconteceria!”
Jovem é estuprada em estação do Metrô de São Paulo: http://bit.ly/1WnjCgw

A culpa nunca é da vítima!
Pelo fim da cultura do estupro.

Via Tuanny Araújo.

A cultura do estupro está presente matando milhares por ano, cultivada pelo machismo, mantida pela misoginia e alimentada pelo patriarcado. Esta semana, nosso ministro da educação recebeu Alexandre Frota, que confessou estuprar uma mãe de santo, para receber propostas “pelo fim da ideologia de gênero”. Não esqueçamos do juiz do STF Gilmar Mendes que libertou o médico Roger Abdelmassih autor de 37 estupros. O Deputado Jair Bolsonaro homenageou torturador e estuprador em sessão no plenário, e ameaçou a deputada Maria do Rosário de estupro. Um estuprador ficou famoso com um reality show na mesma emissora que usa cenas de estupro para ganhar audiência.

Também corre na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania o Projeto de Lei 5069/13  que altera a Lei de Atendimento às Vítimas de Violência Sexual (Lei 12.845/13) que dificulta o atendimento às vítimas, aumenta a burocracia de se punir o estuprador e também dificulta o abordo de gravidez oriunda de estupro. Isso mesmo, uma lei que abre margem para obrigar mulheres estupradas a gerarem os filhos dos seus estupradores.

Nossa indignação não é mimimi. Nossa voz não deve ser silenciada. Nenhum estupro é caso isolado, ele é fruto de uma cultura que envolve milhões de pessoas. Precisamos conversar sobre a cultura do estupro, ensinar sobre consentimento aos jovens, falar abertamente sobre estupro e violência sexual porque mudanças sociais acontecem com união. Prefiro ver milhares homens reclamando da nossa manifestação do que ver mais uma garota estuprada.

Denuncie pelo número 180.

Vai ter luta.

Gostou desse post?
Cadastre-se e receba todas as nossas dicas, artigos e tutoriais por email!
Conversa com a gente
  1. Avatar
    Ariane da Silva Palmas
    29/05/2016 às 21:37

    KAH, SEMPRE ACOMPANHO SEU BLOG E HOJE TIVE QUE DEIXAR UM COMENTÁRIO PARABENIZANDO SEU POST MARAVILHOSO E RELEVANTÍSSIMO. VOU ATÉ COMPARTILHAR, OBRIGADO POR SE JUNTAR À VOZ DE MILHARES DE MULHERES QUE VÃO LUTAR DE AGORA EM DIANTE PARA QUE ESSA TRISTE REALIDADE MUDE.

  2. Avatar
    Ana Verena Miranda
    29/05/2016 às 09:16

    Parabéns pelo excelente texto. Em uma sociedade machista e patriarcal na qual vivemos é muito difícil expor os ideais sem ser massacrada por isso. E ainda ter que ouvir que tudo isso é vitimismo e que aqui não há cultura do estupro. :(

  3. Avatar
    Yanna Bassi
    28/05/2016 às 12:56

    Ainda estou super abalada com essa noticia. Desde que fiquei sabendo, não consigo parar de pensar na dor e no sofrimento dessa menina, que Deus a ajude a superar isso.
    O mais terrível de tudo, é que algumas pessoas ainda tentam JUSTIFICAR o ato, como se a roupa, o lugar ou o fato de ela ter um filho justificasse ela ter sido estuprada por 33 homens. Se fosse apenas 1 homem já não justificaria, imagine 33!! Noticias como essa, só me fazem pensar como a vida no Brasil esta cada vez mais difícil e assustadora. Peço a Deus todo dia muita proteção para mim e toda minha família, porque está cada vez pior..

  4. Avatar
    Franci Pacheco
    28/05/2016 às 12:09

    sem palavras pra esse post e principalmente para o quadrinho onde tem as situações e abaixo os lugares de estupro, essa imagem precisa percorrer a internet toooda. PALMAS

  5. Avatar
    Tatiane Nascimento
    27/05/2016 às 18:25

    Fiquei mega chocada com isso,como estará a família dessa gúria e como não está a cabeça dela né?
    O que será que tá faltando pra pessoas como esses vagabundos,meu Deus o que vai ser mais frente…

  6. Avatar
    Zilandra Batista Rodrigues
    27/05/2016 às 16:48

    EU FIQUEI CHOCADA COM ISSO…
    PENSA A FAMILIA DESSA MENINA????
    ESSES CARAS NAO SAO PESSOAS, SAO ANIMAIS

    • Avatar
      Yanna Bassi
      28/05/2016 às 13:02

      Não compare esses monstros com os animais. Eles são puros, amam de verdade e nunca fariam uma coisa dessa.

      Só os humanos matam e machucam sua própria espécie por puro prazer.