Paletas multifuncionais favoritas!
Maquiagem
Paletas multifuncionais favoritas!
Sistema Velvet – nova base, corretivo e pó de contém1g
Maquiagem
Sistema Velvet – nova base, corretivo e pó de contém1g
Batom marrom – 6 indicações para entrar na tendência!
Maquiagem
Batom marrom – 6 indicações para entrar na tendência!
Dupes nacionais de makes gringas!
Beleza
Dupes nacionais de makes gringas!
Glycolic TX – a nova base do Boticário
Beleza
Glycolic TX – a nova base do Boticário
Máscara de cílios – indicações para cada gosto!
Maquiagem
Máscara de cílios – indicações para cada gosto!
Cabelos

Como saber se seu cabelo está elástico

em 15/03/2017 por Gleici Duarte

Cabelo elástico é um pesadelo na vida de qualquer mulher. tinturas, descolorações, incompatibilidade entre químicas, alisamentos e danos físicos severos são as principais causas do emborrachamento.

É comum entre as mulheres se confundir durante o diagnóstico e recorrer a tratamentos emergenciais desnecessários. Isso acontece quando puxamos algum fio de cabelo e ele estica, e então vem o desespero. O que precisa ser deixado claro é que todo cabelo saudável tem uma flexibilidade natural, e é completamente normal que o fio ou finas mechas tenham certa maleabilidade.

FAZENDO O DIAGNOSTICO

 Cabelo elástico

Para saber se o seu cabelo está elástico de fato, não puxe apenas um fio, mas sim uma mecha mais rala do cabelo ainda úmido. O cabelo com textura elástica fica embaraçado, aglomerado e se desfaz como um elástico se desfazendo ao ser tensionado.

Por isso, faça esse teste apenas numa porção do cabelo mais escondida para evitar que a quebra fique aparente.

Os cabelos emborrachados também ficam extremamente fragilizados ao uso de shampoo, não soltando o produto mesmo após vários enxágues. Aplique condicionador para facilitar a remoção e proceda com enxágue.

E AGORA?

Se o diagnóstico acima foi positivo, você pode recorrer a:

  • Reconstruções com queratina líquida;
  • Máscaras repositoras de massa;
  • Linhas de reconstrução capilar ricas em queratina e proteínas;
  • Tratamentos profissionais em salão.

bleach-job-gone-wrong

O erro mais comum é achar que o cabelo elástico necessita apenas de reconstrução (queratina e proteínas), porém, essa fragilidade deve ser cuidada também com linhas de nutrição para devolver o óleo e maciez aos fios. Hidratações são importantes mas não fundamentais, já que o cabelo precisa de mais consistência e força do que moléculas de água dentro da fibra.

Existe um erro comum de indicação de selagem ou progressivas, porém, isso faz com que haja apenas uma maquiagem artificial na estrutura do cabelo ao invés de recuperar de dentro pra fora. Em casos extremos, opte por retirar as pontas ou partes mais danificadas, e proceda com cuidados intensos para que o dano não aumente.

Anotou todas as dicas? Mantenha a calma, cuide com cuidado e lembre-se de que cabelo cresce, ok?

E não deixe de conferir esse post sobre como recuperar o cabelo elástico.

a76a51420d455e9ef2c4e3b462_A2VmYWE0ZDVlYzM2_splissschnitt
Cabelos

6 erros mais comuns do cabelo emborrachado

em 03/10/2016 por Gleici Duarte

Cabelo emborrachado é um dos maiores traumas que uma mulher pode sofrer, afinal, o cabelo perde a estrutura e o dano pode ser irreversível. Imagina ter corte químico e até mesmo ficar careca por causa de procedimentos mal sucedidos?

No desespero, a gente acaba apelando pra todo tipo de coisa, não é mesmo? Este post é pra ajudar você a recuperar a saúde do seu cabelo sem causar danos maiores.

Maquiar o cabelo com progressiva

É o erro mais cometido por quem está no salão com o cabelo emborrachado. A progressiva apenas maquia e dá uma estrutura temporária ao fio, então passa a segurança de cabelo forte rapidamente.

A estrutura de formol e enrijecimento da fibra capilar é temporária, e impede componentes repositores de massa agirem no reparo do cabelo. Com o tempo, o cabelo fica fino e quebradiço, além de dificultar descolorações e tinturas.

O ideal é uso de produtos anti-emborrachamento e repositores de massa ainda no salão, como o SOS anti-emborrachamento da Forever Liss. Já usei também o sistema K3 da Keune e o resultado foi surpreendente após uma descoloração global.

Insistir em químicas pesadas

Se o cabelo está visivelmente danificado, não insista em novas descolorações, oxidações ou tinturas nos próximos dias até sentir firmeza na fibra com cuidados em casa. Seu cabelo pode sim cair apenas com um tonalizante, sabia? É melhor você ter um cabelo em recuperação do que não ter cabelo, vai por mim.

Cabelo emborrachado

Dormir com o cabelo molhado

A fibra capilar não tem estrutura pra ser amassada durante a noite. Seque o cabelo com um secador e use protetor térmico sempre, evite secar o cabelo ao natural e principalmente dormir com ele molhado. Chapinha também deve ser evitada, ok?

Usar apenas produtos com queratina

Mesmo fragilizado, o cabelo não necessita apenas de reconstrutores. O excesso de queratina pode enrijecer a fibra e facilitar a quebra sem devolver saúde aos fios. Invista em produtos de nutrição e hidratação em seu cronograma capilar, dando mais ênfase em composições com aminoácidos e proteínas.

Não fazer teste de mecha

Se você acha que o cabelo está pronto pra outra química, não abra mão de fazer um teste de mecha para analisar a resposta do fio ao tratamento. O cabelo emborrachado está danificado no seu interior, então o cuidado deve ser redobrado a cada procedimento.

Não cuidar em casa

Acha que o cabelo tem que sair lindo e perfeito do salão sem necessidade de cuidados em casa? Negativo! Cabelo que sofre químicas pesadas preciso de cuidados intensivos mesmo em casa, pois é a continuação do tratamento do salão. Converse com seu cabeleireiro sobre os cuidados que você deve tomar, os produtos a serem usados e inclua esses gastos no seu orçamento.

Gostaram das dicas? Veja este meu vídeo sobre cabelos emborrachados.

Até mais!