Blush – Almanati
Beleza
Blush – Almanati
Corretivo Boeing – Benefit
Maquiagem
Corretivo Boeing – Benefit
Rímel ”No Panda” – Vizzela
Maquiagem
Rímel ”No Panda” – Vizzela
Base Aqua Hidratante – Quem Disse Berenice
Maquiagem
Base Aqua Hidratante – Quem Disse Berenice
Perfume 212 Vip Rosé – Carolina Herrera
Beleza
Perfume 212 Vip Rosé – Carolina Herrera
Matt Touch Blush – Essence
Maquiagem
Matt Touch Blush – Essence

snack-best-berry-10

Saúde

Snacks do bem: O que eu costumo comer entre as refeições

em 19/04/2017 por Renata Stanquini

Há alguns meses atrás, quando me batia aquela fome no meio da tarde, me dava vontade de comer tudo que não presta: salgadinho, bolacha recheada, chocolate – e por aí vai! Depois que eu comecei a ser acompanhada por uma nutricionista, descobri que não só esses alimentos engordam pra caramba como também fazem muito mal pro nosso corpo. (Também não é pra menos, né? Vocês já repararam a quantidade de gordura e sódio que esses snacks têm? Chega a ser absurdo!)

Pouco a pouco eu fui tirando da minha vida comidinhas como essas. (Refrigerante então, nem chego mais perto!) Hoje eu posso dizer que eles nem fazem falta pra mim, mas isso só foi possível porque eu consegui substituir todas essas coisas por snacks bem mais saudáveis.

No post de hoje eu quero contar pra vocês o que eu ando comendo entre as refeições – não por uma questão só de dieta mas também por causa da minha saúde! Acompanhe:

Sementes ou Frutas Oleaginosas

Pra quem não sabe, frutas oleaginosas são as amêndoas, castanhas-do-pará, avelã, nozes, castanhas de caju e etc. Elas são ótimas pra quem está querendo emagrecer porque evitam o acúmulo de gordura e combatem o colesterol. Além disso, também possuem propriedades antioxidantes e são ricas em vitaminas e nutrientes como magnésio e zinco.

snack-best-berry-03

Ah, só que tem aquela coisa, né? tudo em excesso faz mal: o ideal é comer no máximo 6 dessas frutinhas por dia, se não elas podem engordar.

Salgadinhos Orgânicos

Também tenho gostado muito desses salgadinhos orgânicos para comer entre as refeições. E os meus favoritos são da Best Berry, um serviço de assinatura que todo mês me envia uma caixinha com vários snacks, todos orgânicos (ou seja, sem corante, conservante, aromatizantes ou adoçantes artificiais) e quase sempre sem lactose e/ou glúten.

snack-best-berry-02

Eles já vêm separados em pequenos saquinhos com a quantidade exata que eu preciso pra matar a fome entre as refeições sem comprometer minha saúde. E não tem só sementes e frutinhas não – são mais de 20 opções diferentes de snacks pra escolher. Esse serviço custa a partir de R$79 por mês (pra 10 saquinhos) e, se você por na ponta do lápis o quanto você gasta comprando besteira, acaba saindo até mais barato! Vale muito a pena!

snack-best-berry-01

Barrinha de Cereal

Sabe aquela brincadeira de “barra de cereal sabor ‘ainda tô com fome’?” Eu era a primeira a fazer essa piadinha. Não conseguia entender como alguém podia matar a fome depois de comer uma delas. Só que eu aprendi que quando você está reeducando sua alimentação, seu organismo começa a se satisfazer com menos. No começo é difícil, mas depois você simplesmente se acostuma. As barrinhas de cereal valem a pena porque têm poucas calorias e são ricas em fibras.

snack-best-berry-06

Dica de ouro: Fique longe das barrinhas que tem muito xarope de glicose na composição porque são mais calóricas.

Torrada ou pão integral

Quando bate aquela fome que uma barra de cereal não vai chegar nem perto de resolver, eu acabo optando por torradinhas ou pão integral. Mesmo sendo carboidratos, os níveis são muito baixos e (obviamente dependendo da quantidade) não engordam. A torrada eu costumo comer pura mesmo, sem nada, mas o pão eu gosto de comer com uma fatia de queijo branco ou ricota temperada com azeite e orégano – fica uma delicia!!!

snack-best-berry-09

Dica de ouro:  Aquela torrada integral Lev Magic Toast da Marilan é minha favorita! No pacote que você compra vem 6 minipacotes, super práticos pra levar na bolsa. O melhor é que cada torradinha tem 13 calorias e é zero colesterol! AMO!

Iogurtes 

E não podia faltar os iogurtes! Eu costumo tomar lá no fim da tarde, umas 16h30 ou 17h, quando eu já tomei meu snack no meio da tarde, mas ainda falta um pouco pra jantar. Eu escolho sempre os lights porque tem menos gordura, açucares e, consequentemente, menos calorias.

snack-best-berry-07

Dica de ouro: Se você como eu também tem o intestino preguiçoso, aproveita essa hora pra tomar um Activia. Pra mim ele funciona MUITO!!!

Frutas

Claro que as boas e velhas frutas não podiam ficar de fora da minha dieta. Uma banana, maça, pêra, laranja ou kiwi entre as refeições são sempre bem-vindas! Pra mim, a mais prática é a banana porque eu consigo comer em qualquer lugar sem fazer sujeira ou lambança.

snack-best-berry-04

Dica de ouro: Também preste atenção na quantidade porque, diferente do que eu pensava antes, algumas frutas tem bastante açúcar e em excesso também podem engordar.

Por que comer entre as refeições?

Ainda tem muita gente que pensa que se ficar sem comer entre as refeições, vai emagrecer mais rápido. Isso é totalmente errado por vários motivos: quando você come a cada 2h30 ou 3h, você ajuda o seu metabolismo a acelerar, fazendo com que ele queime gordura ao invés de estocar. Quando você fica sem comer por muitas horas, além de atacar a comida e acabar comendo mais do que devia quando for almoçar ou jantar, seu organismo também fica mais lento. Ele passa a entender que precisa armazenar pra não ficar sem energia – é aí que você não emagrece. Entendeu?

Espero que esse post tenha incentivado vocês a terem uma rotina mais saudável no dia a dia. Aproveitem as dicas que eu dei e se tiverem dicas pra me dar também, deixem nos comentários! BEIJOS <3

Geek e Tecnologia

Algumas dicas para fotografar comida

em 22/05/2015 por Raquel Thomasi

Que atire a primeira pedra quem nunca, despistadamente, fotografou a própria comida!
Eu não costumo publicar fotos das coisas que como, mas sempre fotografo algum prato bonito, antes de devorá-lo. Apenas pra deixar registrado, heheheh.
Separei algumas dicas para fotografar comidas, independente do equipamento que for usar, seja uma câmera profissional ou a do celular:

Encontre o melhor ângulo!

Preste bastante atenção no alimento que vai fotografar. Observe qual a parte mais apetitosa e que mais valoriza o prato. Veja se ele fica melhor fotografado de cima, de forma que apareça todos os detalhes do prato, ou se ele deve ser fotografado de lado, para destacar algum ingrediente especial.

Para uma foto mais harmoniosa, é interessante observar as linhas presentes na imagem, alinhe a foto a elas. Para que a foto não fique “torta”.

Post comidas 1

@nocedanielle / @jamieoliver / @nocedanielle

Organize a cena!

É muito importante que a cena fotografada esteja realmente bonita, assim você não vai precisa fazer nenhuma mágica para que o resultado da foto seja legal.
Organize os componentes da imagem, acrescente ou retire objetos, até que a composição da foto fique bonita e agradável.

Post comidas 2

@kittykills / @jamieoliver / @abcdebeleza

Ilumine a cena!

Sim, vou falar de iluminação novamente! Vocês podem até achar repetitivo, mas quando se trata de foto… Luz é (quase) tudo!
Para fotos de comida, é interessante que os detalhes estejam bastante nítidos e para isso é preciso de bastante luz. Tente buscar a melhor iluminação, de preferência natural… Já que flash direto não costuma ficar legal para fotos de comida. Para isso uma luz difusa combina muito mais!

Post comidas 3

@biayzawa / @natasharomasz / @nocedanielle

Sobre filtros e cor…

Filtros amarelos deixam fotos de comida bem mais bonitas!
Procure por filtros amarelados, alaranjados ou até avermelhados… E se for necessário um pouco de contraste também pode cair bem!

Post comidas 4

Foto original – Filtro amarelo – Mais contraste

E você, tem alguma dica para fotografar comidas? Conte pra nós! ;)

Espero que aproveitem as dicas e qualquer dúvida ou sugestão deixem nos comentários!