Blush – Almanati
Beleza
Blush – Almanati
Corretivo Boeing – Benefit
Maquiagem
Corretivo Boeing – Benefit
Rímel ”No Panda” – Vizzela
Maquiagem
Rímel ”No Panda” – Vizzela
Base Aqua Hidratante – Quem Disse Berenice
Maquiagem
Base Aqua Hidratante – Quem Disse Berenice
Perfume 212 Vip Rosé – Carolina Herrera
Beleza
Perfume 212 Vip Rosé – Carolina Herrera
Matt Touch Blush – Essence
Maquiagem
Matt Touch Blush – Essence

cosdna-como-consultar6

Beleza

Skincare: Como usar o Cosdna para analizar cosméticos?

em 04/06/2018 por Karen Bachini

Quem já conhece meu novo canal, o Resenhas da Karen Bachini, deve ter percebido que em todos os vídeos eu cito o Cosdna como a minha principal fonte de pesquisa. Nesse site dá pra consultar cada um dos ingredientes e saber quais componentes oferecem riscos pra sua pele ou não.

Eu já sabia que esse era um tópico muito importante e por isso quis trazer no meu canal. Mas confesso que não esperava que vocês também fossem se interessar tanto pelo assunto. Agora, eu recebo todos os dias vários comentários pedindo pra eu explicar melhor como funciona o Cosdna e como consultá-lo. E é justamente pra responder a esses comentários que eu estou escrevendo esse post.

Como consultar o Cosdna? 

Como eu já conversei com vocês aqui nesse post, nem todos os cosméticos são confiáveis. Muitos deles possuem ingredientes duvidosos que podem dar espinhas, contribuir para o envelhecimento precoce da pele e até oferecer riscos para a sua saúde a curto e longo prazo.

“Ok, isso eu já sei” – você deve estar pensando. “Mas, e aí? Como eu faço pra usar o Cosdna?”. Calma, vou explicar. Pra consultar o Cosdna basta acessar www.cosdna.com.br, digitar o nome do produto na busca (ex: Base Studio Fix Fluid MAC) e, se o produto já estiver registrado no site, ver a lista de todos os ingredientes que o banco de dados do site te oferece.

cosdna-como-consultar-

Se o produto ainda não estiver registrado, você pode ir no menu na parte superior do site e clicar em Analyze CosmeticsO site vai te jogar em outra página pra você digitar os ingredientes no campo. (Esses ingredientes normalmente ficam registrados na embalagem ou caixinha do produto). Quando terminar é só clicar em Analysis.

cosdna-como-consultar3

Dica: Digite cada um dos componentes numa mesma linha, separando-os apenas com vírgula.

Um jeito mais fácil de fazer isso é entrar no site da marca, buscar o produto que você quer consultar, ir em descrição do produto ou ficha técnica e ver se tem a lista dos ingredientes por lá, assim você só copia e cola e evita a fadiga de ter que digitar, um por um, todos aqueles nomes esquisitos de componentes.

Feito isso, o CosDNA vai analisar cada um dos ingredientes por função e dar uma escala de 0 a 5 (e nessa escola quanto menor for o índice, melhor!) para os fatores:

  • Probabilidade de irritação;
  • Possibilidade de ser comedogênico (ou seja, de entupir os poros e dar espinhas);
  • Chances de fazer mal com o uso prolongado;

Esse último é o que eles chama de Safety, é a última coluna da tabela e nessa escala (que vai de 0 a 9) quanto maior for índice, mais prejudicial ele é!

cosdna-como-consultar4

Se a coluna estiver em branco, significa que o site não encontrou nenhuma informação sobre o ingredientes em seu banco de dados.

Dá pra registrar novos produtos? 

Sim! Se você está testando um produto novo, que acabou de chegar no mercado ou que seja nacional, e ele ainda não está registrado no CosDNA, você pode contribuir com o site e deixa-lo lá disponível pra busca.

É assim: faça um cadastro no site, crie um login e uma senha. A partir daí, toda vez que você analisar um produto que ainda não tiver registrado, você pode adicionar colocando o nome do produto, nome da marca e especificando onde você tirou essas informações (se da embalagem, do site da marca ou whatever).

cosdna-como-consultar5

Quando terminar de preencher, clique em Upload This Product.

Por que isso é tão importante? 

Há muitos estudos que provam que muitos componentes comuns em cosméticos fazem mal não só pra nossa pele, mas também pra nossa saúde como um todo. Pra você ter uma ideia de quão sério é isso, há alguns ingredientes que, dependendo da sua concentração na fórmula e o seu tempo de uso, podem até bagunçar o seu sistema endocrino! É por isso que eu não recomendo que você compre qualquer cosméticos, independente da marca, sem antes analizar muito bem os ingredientes e saber que tipo de substância está sendo aplicada na sua pele e, consequentemente, absorvida pelo seu corpo.

O meu novo canal de Resenhas foi criado exatamente com esse objetivo: ajudar vocês a desenvolver uma postura mais consciente ao comprar produtos – afinal, é a nossa saúde que está em jogo, não é mesmo?

oleo-facial-como-usar

Beleza

Você está usando óleo facial do jeito certo?

em 26/02/2018 por Renata Stanquini

Óleos faciais são aliados incríveis para quem quer ter uma pele sempre bonita, radiante e saudável. 

Além de serem ótimos hidratantes (olá você que tem pele muito seca), eles também ajudam a reconstruir e manter a nossa barreira lipídica (que é tipo uma camada protetora natural da pele), sendo ideias para quem acabou de fazer um processo estético agressivo (tipo pelling) ou se queimou com o sol depois da praia.

Como se não bastassem todos esses benefícios, os óleos faciais também parte são muito versáteis! Dá pra usar:

  • Sozinho, como um passo a mais na sua rotina de skincare
  • Como primer, antes da maquiagem
  • Misturado a base, para um acabamento mais leve e natural
  • Combinado a sua loção, hidratante ou sérum corporal
  • E até como demaquilante!

Nas cutículas eles fazem maravilhas e ainda podem ser um bom reforço para o seu hidratante facial durante voos longos ou estações mais frias.

Enfim! Como você pode perceber, eu poderia passar o dia aqui falando das coisas boas que o óleo facial tem! O problema é que nenhum desses benefícios tem efeito se a gente usar do jeito errado.

Pensando nisso, eu listei os erros mais comuns quando o assunto é óleo facial para você saber se está usando ou não do jeito certo. Olha só:

ERRO 1: Esfregar o óleo no rosto 

O jeito mais certo de aplicar óleo facial é pressionando levemente no rosto ao invés de só esfregar ou espalhar o produto em movimentos circulares.

Faça assim: coloque um pouco do produto nas palmas das mãos e esfregue uma na outra, depois é só pressionar as mãos no rosto usando a ponta dos dedos para os cantinhos e áreas menores (como cantinhos do nariz e em volta da boca), e as palmas para áreas maiores (como testa e bochechas).

ERRO 2: Aplicar depois do hidratante 

Como a gente já explicou aqui nesse post, existe uma ordem lógica para aplicar produtos de skincare. E pra descobrir essa ordem é bem simples: basta pensar que tudo que tiver uma formula mais fina deve vir antes e tudo que for mais grosso deve vir depois. Assim sua pele absorve com mais facilidade…

Se você aplicar, por exemplo, o hidratante primeiro, quando for a vez do óleo, ele nem vai conseguir penetrar na sua pele direito. Então lembre-se disso sempre: tudo que for mais fluído vem antes, tudo que for mais cremoso vem depois. Deu pra entender?

ERRO 3: Exagerar na quantidade

Óleos faciais nada mais são do que um concentrado de algum ingrediente que faz bem pra pele. Isso significa que uma a três gotinhas apenas já são o suficiente para cumprir sua função.

ERRO 4: Usar o óleo errado para o seu tipo de pele

Existem muitos tipos de óleos faciais, cada um para um tipo de pele diferente. Tem pra pele seca, oleosa, sensível e por aí vai.

Na hora de escolher o seu óleo facial tenha certeza que está comprando o produto certo pra sua necessidade – do contrário não trará nenhum benefício ou pior: pode prejudicar a saúde da sua pele.

O Óleo Facial certo pro seu tipo de pele

oleo-facial-como-usar2

  • Pele Madura

Depois de uma certa idade, nossa pele passa a produzir menos óleo e, consequentemente, fica mais seca. Minha dica então é apostar em óleos com ação antioxidante que aumentam a produção de colágeno, a elasticidade da pele, além de reduzir a aparência de linhas finas.

Sugestões: Óleo de Argan ou de Rosa Mosqueta.

  • Pele Seca

Não existe nada melhor para pele seca do que óleos faciais! Eles hidratam profundamente, nutrem e são rapidamente absorvidos na pele. Na hora de escolher o seu, dê preferência por aqueles que são ricos em nutrientes e com efeito calmante.

Sugestões: Óleo de Coco, Maracujá, Argan, Oliva, Girassol ou Jojoba.

  • Pele Oleosa/com Acne:

Se você tem pele oleosa ou com espinhas, tenha muita calma na hora de escolher seu óleo facial. Esse precisa ajudar a equilibrar a produção de sebo e minimizar a aparência dos poros ao invés de potencializar a produção de óleo que já é grande.

Sugestões: Óleo de Macadamia, Jojoba, Melaleuca ou Camélia.

  • Pele Sensível:

Por fim, se seu pele é sensível, daquelas que descama até com um ventinho gelado no rosto, aposte nos óleos ricos em propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes que combatem os raciais-livres.

Sugestões: Óleo de Primula, Abacate, Marula, Semente de Chia ou Argan.

Compre aqui

Aqui vão algumas sugestões de óleos para comprar:

Bom, é isso! Espero que esse post tenha ajudado (:

Dúvidas e comentários é só deixar aqui embaixo! BEIJOS