Batom Artist Nude Cream – Make Up Forever
Beleza
Batom Artist Nude Cream – Make Up Forever
Esponja de Maquiagem Super Soft – Pramaquiar
Beleza
Esponja de Maquiagem Super Soft – Pramaquiar
Paletas Futurism – Kaleidos Makeup
Beleza
Paletas Futurism – Kaleidos Makeup
Paletas de 9 sombras Ruby Rose
Maquiagem
Paletas de 9 sombras Ruby Rose
Paleta Sunflower Bru Tavares
Maquiagem
Paleta Sunflower Bru Tavares
swatches da base ruby rose natural look
Maquiagem
swatches da base ruby rose natural look

base-natural-radiant-nars-resenha-1-10

Maquiagem

Resenha: Base Natural Radiant Longwear da NARS

em 21/02/2018 por Renata Stanquini

Pra minha sorte, calhou da Karen estar fora do Brasil bem na época que todas as marcas gringas decidiram lançar bases novas.

Obviamente ela não se aguentou, comprou todas as que pode trazer na mala e voltou pro Brasil feliz e contente, cheia de material pra gente aqui do blog testar.

Isso significa que nos próximos dias você verá bastante resenhas de bases RYCAS por aqui. Vamos contar todos os detalhes dessas bases recém-chegadas no mercado e dizer se valem ou não o investimentos.

(Obrigada, de nada!)

Bora começar, então, com uma das que eu mais gostei até agora: a Radiant Longwear Foundation da NARS.

base-natural-radiant-nars-resenha-5-10base-natural-radiant-nars-resenha-4-10

Essa base gerou um pouquinho de controvérsia na internet. Muita gente achou o acabamento dela igual a da Sheer Glow, também da NARS, e questionou o motivo da marca ter lançado duas bases parecidas. Outras pessoas criticaram a performance dela mesmo, dizendo que ela marca nos poros e não dura tanto tempo assim na pele.

Enquanto rolavam essas resenhas negativas, outro time bem grande de pessoas disseram ter ficado DE CARA com o poder de cobertura, acabamento natural e durabilidade dessa base.

Tentei não me deixar influenciar pelo que a galera estava dizendo e testei. Mas antes de contar minhas impressões, quero primeiro passar uma ficha técnica do produto, vem comigo!

BASE NATURAL RADIANT LONGWEAR NARS

base-natural-radiant-nars-resenha-6-10base-natural-radiant-nars-resenha-7-10

A nova Natural Radiant Longwear Foundation é descrita como uma base de:

  • alta cobertura
  • textura leve
  • efeito radiante natural
  • longa duração (até 16h)

É também oil-free, não tem cheiro e é indicada para todos os tipos de pele.

O que mais impressiona nesse lançamento é a quantidade de cores disponíveis. São 33 cores ao todo, indo dos mais claros aos mais escuros.

base-natural-radiant-nars-resenha-9-10

A fórmula não chega a ser tão fluída quanto a All Day Luminous Weightless Foundations nem tão cremosa quanto o  Radiant Creamy Concealer, sabe? Eu diria que é algo bem intermediário.

O QUE EU ACHEI? 

Eu simplesmente amei! Ela tem cobertura de média a alta, é fácil de trabalhar, dá pra construir camadas sem deixar a make pesada e ainda tem o acabamento mais perfeito de todos: que é algo entre o luminoso e o matte.

Esse é meu tipo de acabamento favorito porque eu gosto de algo mais natural, com viço e “cara de pele”, mas que ao mesmo tempo não pareça que eu estou suada ou algo do tipo.

Dá pra perceber pela foto a seguir que existe um equilíbrio perfeito entre as duas coisas:

base-natural-radiant-nars-resenha-8-10

Eu normalmente não gosto de bases tão pigmentadas e de alta cobertura (até porque não tenho cicatrizes nem manchinhas no rosto que exigem isso), mas mesmo assim curti demais essa base porque ela parece que deixa a pele do respirando, sabe? O resultado é apenas LINDO!!!

Pra mim, não há dúvidas de que se trata de uma base de longa duração. Logo na primeira vez que eu testei, encarei mais de 10 horas seguidas fora de casa e ela se manteve firme e forte!

Senti um pouco de oleosidade no fim do dia em volta do nariz, mas nada grave.

PREÇO E ONDE COMPRAR?

NARS Radiant Longwear Foundation custa U$49 dólares e infelizmente ainda não temos no Brasil. A previsão é que ela chegue por aqui em Maio, com exclusividade nas lojas físicas e online da Sephora.

base-natural-radiant-nars-resenha-3-10

Se você não estiver se aguentando de curiosidade pra testar, dá pra comprar aqui no site da Nordstorm que entrega no Brasil. O problema é só o frete, tem que calcular pra ver se compensa.

Como sempre, podem deixar suas dúvidas e comentários aqui embaixo (: BEIJOS!

Maquiagem

A nova geração: bases-sérum

em 18/01/2016 por Renata Stanquini

A nova promessa no mundo da beauté são as bases sérum (ou bases ultrafluidas) que vem com um conceito que tem tudo a ver com o nome. Sérum, que significa soro em latim, remete ao fato de que sua fórmula é bem mais aquosa e mais leve do que as bases comuns.

O segredo desse acontecimento está nos polímeros que retêm gotículas de óleo que evaporam no momento da aplicação. Enquanto os óleos evaporam, uma camada ultrafina assenta sob o rosto, deixando o acabamento sequinho e supernatural. O produto também é absorvido pela pele rapidamente, sem entupir os poros – o que acaba sendo uma ótima pedida para quem tem pele oleosa ou mista. Até mesmo quem tem a pele seca pode se beneficiar com o produto já que ele não deixa de ser hidrante.
Antes mesmo disso ser uma tendência, a marca que abriu caminho para a nova categoria de bases foi a Giorgio Armani com sua base Maestro, lançada em 2012. Sua formula com 5 óleos promete uma pele perfeita, sem parecer maquiada.

Depois da comoção que a Maestro causou, a Le Teinte Encre de Peau da YSL congestionou a internet na noite do seu lançamento, esgotando-se em poucas horas e deixando mais de 12 mil pessoas em lista de espera. Antes mesmo que nossos bolsos esfriassem, outras marcas também embarcaram na mesma empreitada lançando suas próprias versões de bases-sérum.

Para mostrar a performance dessa nova categoria, nós testamos 4 dessas bases e vamos contar tudo para vocês. Confere aí:

bases serum superfluidas resenha

swatches_bases-serum

Da esqueda para direita: All Day Luminous Wightless Foundation (NARS); Diorskin Air Serum (DIOR); Le Teint Encre de Peau (YSL); Miracle Air de Teint (Lancôme)

Lancôme Miracle Air de Teint

Adoro quando uma base tem aquela textura aveludada que parece que tem um tecido sobreposto na sua pele. Esse é o caso da Miracle Air de Teint, que apesar de ter o acabamento matte, deixa um belo viço no rosto. Mas atenção, se você tem pele seca, principalmente debaixo dos olhos, considere o fato de que ela pode vir a craquelar um pouco.
Além desse inconveniente, também é preciso mencionar a questão dos tons. É sempre muito difícil encontrar o tom ideal para a sua pele com a gama de cores que a marca oferece. Todas elas são demasiadamente amarelas e ficam ou muito clara ou muito escura. O meio termo não existe.
Concluindo as minhas impressões com o produto, tenho que dizer que amei o acabamento e a sensação que ela dá. Também achei que a pele fica super natural e é bem fácil de espalhar. Também achei o aplicador de conta-gotas muito prático, já que permite a dosagem ideal, com zero desperdício.

Essa base custa R$279,00 e vende aqui.

base--miracle-lancome

YSL Le Teint Encre de Peau

Essa base não deixou 12 mil pessoas em espera à toa. Realmente é uma excelente base! Ela também é fácil de aplicar, fácil de espalhar, dá um efeito super natural e uniformiza a pele rapidamente. Como ela é semimatte, o acabamento fica mais natural do que as demais bases mattes. A pele fica com um efeito mais fosco, mas não artificial.
A única coisa que não consegui me adaptar foi o aplicador. Ele vem com a proposta de impedir que o produto pingue por aí, mas isso é balela – pinga do mesmo jeito. Também é complicado para passar no rosto… você fica meio que sem saber se deve passar o produto do aplicador para mãos, ou se aplica direto no rosto… Enfim, é confuso. A tampa da embalagem também não é muito intuitiva: o sistema de fechamento possui duas peças: a tampa que rosqueia no frasco, e outra tampa que você encaixa por cima para completar o design da embalagem. Antes de tudo, você precisa retirar a primeira tampa para depois rosquear a segunda, onde fica o aplicador. Uma vez que você muda essa ordem, as tampas travam uma na outra tornando o fechamento impossível.
Tirando a embalagem complicada, esse produto é realmente incrível e cumpre tudo o que promete.

Dá pra comprar essa base aqui e o preço também é rico: R$349,00.

base-encre-de-peau-ysl

Nars All Day Luminous Wightless Foundation

Das 4 bases testadas essa foi a que eu tive menos domínio. Quando fui testar pela primeira vez já descobri logo de cara que essa base tinha um pouco mais de ‘’manias” que as outras. Sem saber que ela precisava ser agitada antes de usar, apertei o pump sem cerimônia; resultado: ela soltou uma água com textura bem diferente do que eu estava esperando. Limpei as mãos, agitei um pouco e pressionei novamente. Dessa vez achei ela um pouco mais grossa que as demais bases do mesmo conceito, o que influenciou diretamente a tarefa de espalhar. Também achei que ela demora um pouco mais para assentar na pele, o que significa que você não deve tirar conclusões nos dois primeiros minutos que você a aplica… ela precisa de um pouco mais de tempo para começar a mostrar para o que veio. Depois de aplicar, é fundamental que você dê uma pressionada de leve com as pontas do dedo para ajudar a base a assentar.
Mesmo depois de tantos cuidados e do quase fracasso, acabei me surpreendendo com o resultado. A pele realmente fica natural, uniforme e imperceptível.

A Nars All Day Luminous Wightless Foundation custa R$249,00 e vende aqui.

base_all wightless nars

 

Dior Diorskin Air Serum

Deixei a melhor de todas para o final. A Diorskin Air Serum é daquele tipo de base que uniformiza a pele e dá um efeito luminoso sem esforço. Com seu aplicador prático de conta-gotas, a única coisa que você precisa fazer é aplicar duas ou três gotinhas na mão e espalhar no rosto com movimentos circulares. O produto é absorvido rapidamente e a pele fica linda em questão de segundos. Além da textura incrível, a base da Dior também tem mais um diferencial: a tecnologia Oxigen Activ que combina diversos óleos vegetais, vitaminas e minerais. Esses elementos melhoram e revitalizam o estado da nossa pele.
Fiquei encantada com o resultado logo na primeira aplicação. Achei sua performance surreal e logo de cara a elegi como minha favorita na categoria.

Para quem também quiser investir, dá pra comprar aqui e o preço é R$285,00.

base_diorskin-dior-air

Considerações finais:

Embora todas essas marcas testadas sejam bem ricas, as bases sérum não são uma exclusividade das marcas careiras. Você também pode encontrar bases do mesmo conceito em marcas menos requintadas ou até em prateleiras de farmácias. Um bom exemplo disso é a Dream Wonder da Maybelline e a Bareskin da Bareminerals.
Também é bom ressaltar que essa não é uma formula que necessita de pincel, e muito menos esponja que vai absorver todo o produto antes mesmo de você leva-la ao rosto. Evite desperdícios, afinal, o preço do dólar não tá fácil pra ninguém.

E aí? O que acharam? Já testaram alguma base dessa nova categoria? Conte nos comentários.