Paletas de 9 sombras Ruby Rose
Maquiagem
Paletas de 9 sombras Ruby Rose
Paleta Sunflower Bru Tavares
Maquiagem
Paleta Sunflower Bru Tavares
swatches da base ruby rose natural look
Maquiagem
swatches da base ruby rose natural look
Novas máscaras FOREO UFO
Beleza
Novas máscaras FOREO UFO
Lançamento: Tudo sobre o Anthelios Color Dose da La Roche-Posay
Beleza
Lançamento: Tudo sobre o Anthelios Color Dose da La Roche-Posay
Resenha: Base Flawless Skin Cushion da Klasmé
Maquiagem
Resenha: Base Flawless Skin Cushion da Klasmé
passando-corretivo
Maquiagem

Vale a pena ter uma paleta de corretivos?

em 15/04/2016 por Renata Stanquini

Muita gente nunca pensou em ter uma paleta de corretivos por achar que esse é um item de beleza que só maquiador devia ter, mas não é bem assim não. Esse produto tem muitas outras utilidades e pode ser um resolvedor de problemas do seu cotidiano.  Aqui vai alguns dos argumentos que provam o porque ter uma paleta de corretivos vale tanto a pena. Confira aí:

Cobre mais áreas

Já vou começar dando a maior  das razões: seu rosto não é inteiro da mesma cor. Tem áreas do nosso rosto que são mais claros que outros, e vice-versa. Quando você usa um corretivo da mesma cor para corrigir todos os pontos do rosto sua maquiagem fica menos natural e, consequentemente, não atinge seu objetivo final que é desaparecer com as imperfeições. Agora, com uma paleta que tenha vários tons você terá mais opções para camuflar manchas, espinhas ou qualquer eventual problema que sua pele possa ter de um jeito mais imperceptível. Você pode usar os tons mais claros para áreas mais claras como bochecha e olheiras, enquanto deixa os tons mais escuros para a testa e o queixo, por exemplo.

Útil para o ano todo

A cor da nossa pele também muda muito ao longo do ano. No verão ficamos mais bronzeadas e a cor da nossa pele costuma ficar mais quente (ou vermelha, dependendo de como você se cuida HAHA). Já no inverno, nossa cor fica mais clara e pálida. Com uma paletinha de corretivos em mãos você resolve esses problemas o ano inteiro sem precisar comprar uma nova cor a cada vez que a estação muda, não é verdade?

Corrige mais problemas

Ainda completando os dois tópicos anteriores, a paleta com mais tons de corretivo também é ideal para resolver muitos problemas de uma só vez. Por exemplo, digamos que você tenha melasma e que de vez em quando apareçam umas espinhas desagradáveis… Você precisaria de dois tons diferentes – um para neutralizar o avermelhado das espinhas e outro para cobrir a sua mancha. As paletas costumam vir com um ou outro corretivo colorido que são ainda mais práticos nesse quesito. Com um produto você vai corrigir mais imperfeições que um só o corretivo da sua cor não faria.

Dá pra maquiar mais amigas

Se você é sempre a eleita para maquiar todas as amigas quando uma festa se aproxima, então você vai realmente querer uma paleta como essa. Como você vai poder atender muito mais amigas, acho justo começar a cobrar e fazer uma graninha com esse seu dom, não acha não?

Ótimo para fazer contorno

Outra vantagem é a possibilidade de variar na forma de fazer o contorno. Ao invés de usar o tradicional pó bronzer para criar profundidade, use os tons mais claros e mais escuros da paleta para contornar o rosto de forma mais natural. Olheiras, arco das sobrancelhas e topo do nariz, por exemplo, levam as cores mais claras e ao redor do nariz, queixo, testa e no osso abaixo das maças do rosto, por exemplo, se aplica os tons mais escuros.

Qual comprar? 

Não é nada difícil encontrar esse tipo de produto. Existem opções com preço bem amigo e outras um pouco mais caras, daquelas que exigem um pouco mais de investimento. Selecionei algumas das melhores marcas, com preços diversos para você escolher a sua:

paleta-de-corretivos_opções

COMPRE AQUI: Camouflage Cream Palette da Make Up For Ever | Paleta de Corretivos da Pausa para Feminices | Studio Conceal and Correct da MAC | Camuflagem Inacreditável da Koloss | Paleta de Corretivos da Catharine Hill | Dermacolor Camouflage da Kryolan
Maquiagem

Resenha Naked Smoky Urban Decay

em 14/12/2015 por Renata Stanquini

A Urban Decay é a marca de sombras que mais vende em todo mundo. Estima-se que, nos últimos 12 meses, a marca vendeu uma paleta a cada 6 segundos. Loucura, né? A impressão que dá é que a UD sempre tem uma carta na manga para te fazer mudar de ideia no exato momento que você convence a si mesma que não precisa de mais uma paleta de sombras na sua penteadeira – ‘’ Calma lá queridinha, temos mais para você’’.

E foi nos últimos meses que ouvimos dizer que a linha Naked ia ganhar mais uma irmã: a Naked Smoky. Bom, se me permite um conselho, não aperte o botão comprar antes de ler esse post. A seguir você confere um review completo da paleta que, provavelmente, completará sua coleção.

naked smoky urban decay paleta (1)

A nova Naked Smoky reúne 12 sombras exclusivas que variam entre três acabamentos diferentes: 4 mattes, 4 acetinadas e 4 com (muito) brilho – do bronze ao cinza frio. Uma riqueza!

No site oficial da UD diz que todas as sombras são produzidas com um pigmento especial que dá as sombras a textura aveludada, a facilidade para esfumar e a fixação que sempre nos surpreende.

naked smoky urban decay paleta (3)

A embalagem é sempre minha parte favorita e, definitivamente, essa última paleta tem a melhor embalagem de todas! Depois da primeira Naked 1 de papelão, que sempre ficava suja depois do uso, levantamos as mãos para o céu quando a Naked 2 foi lançada em uma versão tipo “latinha”- muito mais fácil de limpar, mais segura para levar em viagem e com uma tampa que fecha de verdade. A Naked 3 veio no mesmo propósito, com uma latinha semelhante, porém com umas ondulações na superfície que dá uma profundidade para embalagem.

Como se nada pudesse ficar melhor, eis que surge a Naked Smoky: feita de acrílico translucido escuro que tem uns desenhos que remetem a fumaça. Sua tampa é magnética, o que torna o abrir e fechar bem mais simples.

naked smoky urban decay close

Como todas as paletas Naked, a Smoky também acompanha um pincel que dessa vez vem bem diferente dos demais: de um lado temos um pincel formato lápis que é ótimo para criar linhas no esfumado que em seguida serão suavizadas com o outro lado do pincel que é mais macio.

naked smoky urban decay paleta (11)naked smoky urban decay paleta (10)

A paleta também acompanha um livreto com alguns vários looks esfumados. Os passo-a-passo são bastante didáticos e ótimos para seguir quando você está sem muito tempo pra pensar ou atrasada demais para decidir o que fazer.

Dito isso, vamos as sombras:

naked smoky shimmer eyeshadows

Sombras com brilho

A High é um tom de champagne com micro-partículas de glitter que, olhando na paleta até parece bege, mas quando você aplica, o brilho rosado vem com tudo! A Dirtysweet é um bronze médio ótimo pra quem gosta de um olho mais discreto, porém com uma emoção. A terceira sombra, a Radar, é um taupe metálico que fecha o trio de tons neutros. Ainda na categoria de sombras com brilho, temos a Armor que é um prata chumbo com bastante partículas de brilho.

naked smoky satin eyeshadows

Sombras acetinadas

A Slanted é um cinza suave e metálico. Embora a marca descreva dessa forma, eu realmente acredito que há uma nuance de azul nela. Enquanto uma me deixa na dúvida, a outra me faz ter certeza para que veio – a Dagger definitivamente é um cinza com fundo azul intenso. Só experimentando na pele para ver.

A Black Market é um preto que nada se compara ao Black Out da Naked 2. Ao invés de preto chapado, a Black Market tem um fundo azul marinho e cinza. É daqueles tons escuros que a gente não sabe bem descrever. Já a Smolder deixa qualquer um de cara com esse tom de roxo incrível, nunca visto antes na família Naked.

naked smoky matte eyeshadows

Sombras mattes

Por fim, vamos as minhas favoritas: as sombras matte. A Password é um taupe frio que, dependendo da luz parece cinza ou marrom. Essa cor também é bem conhecido como “cor de rato”. A Whiskey é um marrom rico que provavelmente vai encerrar com as sua busca eterna por um marrom coringa. A Combust é um bege rosado e suave daqueles bem controversos: não aparece direito na pele, mas faz toda a diferença no esfumado. A Thirteen completa a paleta sendo um bege leve, quase branco.

naked smoky urban decay paleta (9)

black market, smolder, password, whiskey, combust, thirteen

naked smoky urban decay paleta (8)

high, dirtysweet, radar, armor, slanted, dagger

Para concluir, eu tenho que dizer que acho bem desconfortável quando alguém me questiona com qual eu ficaria se tivesse que escolher somente 1 das 4 paletas. É uma pergunta muito difícil de responder, porque, apesar de muito parecidas, cada uma delas vem com uma proposta diferente. Mesmo assim eu arriscaria em dizer que a Smoky é a mais completa em relação as outras. Ela possui tanto os tons neutros quanto os tons escuros com emoção (tipo o azul e o roxo). Também gosto de como as cores conversam entre si deixando mais fácil a combinação de cores e até a mistura de acabamentos.

Se você não tem nenhuma das paletas anteriores e deseja investir em somente uma, posso dizer que com esta paleta você ficará inteiramente resolvida.

Paleta Naked Smoky 

Acabamento: Shimmer, Matte e Satin

Pigmentação: Excelente! Dá para usar sem primer.
Duração: 4-6 horas
Preço: R$229 na Sephora
Avaliação: ★★★★★

E aí? Alguém já testou? Conte nos comentários o que você achou (: