Base Skin Perfection – Eudora
Beleza
Base Skin Perfection – Eudora
Máscara Lash Idôle – Lancôme
Beleza
Máscara Lash Idôle – Lancôme
Paleta de Sombras – Niina Secrets
Beleza
Paleta de Sombras – Niina Secrets
TOP 5 Bases Para Pele Negra!
Beleza
TOP 5 Bases Para Pele Negra!
Lápis Colorido Tie-Dailus!
Maquiagem
Lápis Colorido Tie-Dailus!
Batom Líquido – Vizzela
Beleza
Batom Líquido – Vizzela

resenha-base-la-mer-soft-fluid-12

Maquiagem

Base The Soft Fluid da La Mer – vale o investimento?

em 06/03/2018 por Renata Stanquini

Se eu não estiver enganada essa é a base mais cara que eu já testei na vida! Acredite você ou não, a nova The Soft Fluid da La Mer sai por uma bagatela de U$110 dólares!!!

Bom, conhecendo os produtos de skincare da La Mer e a qualidade arrasadora deles, sabia que as chances de me decepcionar seriam bem pequenas. Mas será que eu me apaixonaria?

Testei e hoje eu quero contar pra vocês se vale ou não o investimento!

 Resenha Base The Soft Fluid da La Mer

resenha-base-la-mer-soft-fluid-04

A nova The Soft Fluid da La Mer é uma base de longa duração e FPS 2o. Apesar ser de média a alta cobertura, sua textura é super leve (quase como uma daquelas bases séruns que a gente já mostrou por aqui, só que com um pouquinho mais de consistência).

A formula oferece hidratação e é enriquecida com Miracle Broth, o ingrediente mágico da La Mer derivado de algas marinhas. Tem também ação antioxidante e promete redefinir poros, disfarçar imperfeições e dar um acabamento natural à pele.

Está disponível em 15 cores diferentes que variam entre os sobretons frios e rosados. Minha cor é a Ivory 02.

É indicada para todos os tipos de pele, mas quem tem pele madura e/ou seca vai gostar ainda mais!

A The Soft Fluid faz parte de uma família de produtos da linha de maquiagem, a Skincolor de La Mer. Nessa linha tem também corretivo e um pó pra acabamento ultrafino.

EMBALAGEM

A base super rycah vem num frasco ma-ra-vi-lho-so, todo em vidro fosco e detalhes cromados. O logo da La Mer aparece uma maneira meio tímida, mas dá todo um charme pra embalagem!

resenha-base-la-mer-soft-fluid-06

FORMULA

Embora seja uma base construível, que permite várias camadas em lugares pontuais sem craquelar, a The Soft Fluid é bastante pigmentada e você consegue MUITA cobertura logo na primeira camada.

resenha-base-la-mer-soft-fluid-08

O tom da pele fica totalmente uniforme e com toque acetinado. O cheiro é de riqueza, não vou negar, mas não é nada que irrite os olhos ou incomode.

APLICAÇÃO

O sistema de aplicação é pump, dosa bem o produto e isso evita desperdícios. A base espalha muito bem e rende bastante, 1 ou 2 pumps já são o suficiente para cobrir tudo!

resenha-base-la-mer-soft-fluid-05

Pra aplicar não tem segredo nenhum: basta agitar um pouquinho o frasco e vir aplicando com um pincel em todo o rosto. Se quiser uma cobertura ainda mais perfeita, aconselho usar um pincel de topo reto.

O que eu achei?

Eu AMEI o efeito natural que essa base dá! Adoro bases que realçam a beleza da pele sem pesar, sabe? Ela não craquela e não transfere.

resenha-base-la-mer-soft-fluid-13

SEM BASE / COM BASE / MAKE COMPLETA

Só achei que ela vincou um pouco nas minhas linhas de expressão, principalmente em volta da boca e do nariz. Não chegou a ressecar nem nada, mas nesses pontos (e apenas nesses) deu um pouco pra ver que eu estava usando base.

resenha-base-la-mer-soft-fluid-15

Resultado final

Gostei muito da duração também. Dá pra ficar sossegada durante 10 ou 12 horas.

La Mer x Shiseido 

Pensando bem, eu já testei sim outra base tão milionária quanto essa: a Future Solution LX da Shiseido (que é ainda mais cara – R$565 reais!)

resenha-base-la-mer-soft-fluid-09

As duas são bem parecidas em muitos aspectos, como o acabamento natural, hidratação, entre outras coisas. Se eu pudesse citar as principais diferenças entre elas diria que é a textura (a da Shiseido é mais cremosa) e a embalagem (a da La Mer é bem mais prática).

resenha-base-la-mer-soft-fluid-10resenha-base-la-mer-soft-fluid-11

Ambas são bem ligadas nesse fator do skincare porque trazem na formula ativos que ajudam no combatem a desidratação, falta de viço, manchas, sinais de envelhecimento e outras coisas. Entre as duas acho que eu ainda gosto mais da Shiseido porque além do acabamento natural, ela também parece deixar a pele um pouco mais luminosa. (Se quiser conferir a resenha completa dessa base, clique aqui).

Afinal, vale o investimento? 

Além de ser quase um item de skincare (com todos seus benefícios e tudo mais), essa base também deixa pele fica linda por muitas horas, sem deixar aquele aspecto de muito maquiada, sabe?

resenha-base-la-mer-soft-fluid-02

Pra quem sofre muito com pele ressecada, gosta de base de alta cobertura, mas está a procura de um efeito mais natural, essa base pode valer sim o seu investimento!

A Karen fez um vídeo resenhando essa base e a opinião dela é bem parecida com a minha. Clica no play e veja toda a performance desse produto na frente das câmeras:

Como ela mesmo disse no vídeo, não é tão difícil assim encontrar uma base com um preço mais acessível e que dê o mesmo efeito que essa da La Mer. É uma ótima base, mas tudo vai depender se você está ou não disposta a pagar por ela…

Base The Soft Fluid La Mer

Textura: Líquida, fluída
Cobertura: Média – Alta
Acabamento: Natural, acetinado
Duração: 12+ horas
Preço: U$110 na Sephora.com
Avaliação: ★★★

Infelizmente, a nova base da La Mer ainda não é vendida no Brasil. Mas, se quiser, dá pra encomendar a sua com a Minha Querida Necessaire.

E aí, o que você acha? Teria coragem de comprar essa base? Comenta aqui embaixo! BEIJOS

oleo-facial-como-usar

Beleza

Você está usando óleo facial do jeito certo?

em 26/02/2018 por Renata Stanquini

Óleos faciais são aliados incríveis para quem quer ter uma pele sempre bonita, radiante e saudável. 

Além de serem ótimos hidratantes (olá você que tem pele muito seca), eles também ajudam a reconstruir e manter a nossa barreira lipídica (que é tipo uma camada protetora natural da pele), sendo ideias para quem acabou de fazer um processo estético agressivo (tipo pelling) ou se queimou com o sol depois da praia.

Como se não bastassem todos esses benefícios, os óleos faciais também parte são muito versáteis! Dá pra usar:

  • Sozinho, como um passo a mais na sua rotina de skincare
  • Como primer, antes da maquiagem
  • Misturado a base, para um acabamento mais leve e natural
  • Combinado a sua loção, hidratante ou sérum corporal
  • E até como demaquilante!

Nas cutículas eles fazem maravilhas e ainda podem ser um bom reforço para o seu hidratante facial durante voos longos ou estações mais frias.

Enfim! Como você pode perceber, eu poderia passar o dia aqui falando das coisas boas que o óleo facial tem! O problema é que nenhum desses benefícios tem efeito se a gente usar do jeito errado.

Pensando nisso, eu listei os erros mais comuns quando o assunto é óleo facial para você saber se está usando ou não do jeito certo. Olha só:

ERRO 1: Esfregar o óleo no rosto 

O jeito mais certo de aplicar óleo facial é pressionando levemente no rosto ao invés de só esfregar ou espalhar o produto em movimentos circulares.

Faça assim: coloque um pouco do produto nas palmas das mãos e esfregue uma na outra, depois é só pressionar as mãos no rosto usando a ponta dos dedos para os cantinhos e áreas menores (como cantinhos do nariz e em volta da boca), e as palmas para áreas maiores (como testa e bochechas).

ERRO 2: Aplicar depois do hidratante 

Como a gente já explicou aqui nesse post, existe uma ordem lógica para aplicar produtos de skincare. E pra descobrir essa ordem é bem simples: basta pensar que tudo que tiver uma formula mais fina deve vir antes e tudo que for mais grosso deve vir depois. Assim sua pele absorve com mais facilidade…

Se você aplicar, por exemplo, o hidratante primeiro, quando for a vez do óleo, ele nem vai conseguir penetrar na sua pele direito. Então lembre-se disso sempre: tudo que for mais fluído vem antes, tudo que for mais cremoso vem depois. Deu pra entender?

ERRO 3: Exagerar na quantidade

Óleos faciais nada mais são do que um concentrado de algum ingrediente que faz bem pra pele. Isso significa que uma a três gotinhas apenas já são o suficiente para cumprir sua função.

ERRO 4: Usar o óleo errado para o seu tipo de pele

Existem muitos tipos de óleos faciais, cada um para um tipo de pele diferente. Tem pra pele seca, oleosa, sensível e por aí vai.

Na hora de escolher o seu óleo facial tenha certeza que está comprando o produto certo pra sua necessidade – do contrário não trará nenhum benefício ou pior: pode prejudicar a saúde da sua pele.

O Óleo Facial certo pro seu tipo de pele

oleo-facial-como-usar2

  • Pele Madura

Depois de uma certa idade, nossa pele passa a produzir menos óleo e, consequentemente, fica mais seca. Minha dica então é apostar em óleos com ação antioxidante que aumentam a produção de colágeno, a elasticidade da pele, além de reduzir a aparência de linhas finas.

Sugestões: Óleo de Argan ou de Rosa Mosqueta.

  • Pele Seca

Não existe nada melhor para pele seca do que óleos faciais! Eles hidratam profundamente, nutrem e são rapidamente absorvidos na pele. Na hora de escolher o seu, dê preferência por aqueles que são ricos em nutrientes e com efeito calmante.

Sugestões: Óleo de Coco, Maracujá, Argan, Oliva, Girassol ou Jojoba.

  • Pele Oleosa/com Acne:

Se você tem pele oleosa ou com espinhas, tenha muita calma na hora de escolher seu óleo facial. Esse precisa ajudar a equilibrar a produção de sebo e minimizar a aparência dos poros ao invés de potencializar a produção de óleo que já é grande.

Sugestões: Óleo de Macadamia, Jojoba, Melaleuca ou Camélia.

  • Pele Sensível:

Por fim, se seu pele é sensível, daquelas que descama até com um ventinho gelado no rosto, aposte nos óleos ricos em propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes que combatem os raciais-livres.

Sugestões: Óleo de Primula, Abacate, Marula, Semente de Chia ou Argan.

Compre aqui

Aqui vão algumas sugestões de óleos para comprar:

Bom, é isso! Espero que esse post tenha ajudado (:

Dúvidas e comentários é só deixar aqui embaixo! BEIJOS