Paletas multifuncionais favoritas!
Maquiagem
Paletas multifuncionais favoritas!
Sistema Velvet – nova base, corretivo e pó de contém1g
Maquiagem
Sistema Velvet – nova base, corretivo e pó de contém1g
Batom marrom – 6 indicações para entrar na tendência!
Maquiagem
Batom marrom – 6 indicações para entrar na tendência!
Dupes nacionais de makes gringas!
Beleza
Dupes nacionais de makes gringas!
Glycolic TX – a nova base do Boticário
Beleza
Glycolic TX – a nova base do Boticário
Máscara de cílios – indicações para cada gosto!
Maquiagem
Máscara de cílios – indicações para cada gosto!
BelezaDepilação facial – Tudo que você queria saber!
ModaCrochê: inspiração e onde comprar
Viagem

Gramado: Snowland!

em 23/01/2015 por Monique Sonego
castelodeneve

Você quer brincar na neve?

Fonte: www.snowland.com.br

No final do ano passado eu comentei sobre a importância de sonhar alto sem esquecer que existem coisas bacanas perto da gente também. Então eu aproveitei as minhas férias aqui no Brasil (que vão acabar sábado, snif snif) pra conhecer o Snowland, em Gramado, e hoje eu vou contar pra vocês como foi a experiência.

O Snowland é o primeiro parque de neve indoor das Américas. Segundo seus idealizadores, o diferencial do Snowland é recriar “um charmoso vilarejo alpino ao sopé de uma montanha de neve”, além de possibilitar também a prática de esportes na neve.

Existem duas opções de combo para entrar no parque e nós pegamos o Combo Neve, que custa R$ 99 e dá direito ao simulador de esqui, 20 minutos na patinação, 2 horas na montanha de neve, kit neve…. Estudantes com carteirinha válida conseguem um desconto de R$ 20 nesse combo. Ali na entrada você assina um termo de responsabilidade e ganha uma espécie de relógio, que vai liberar a sua entrada nas atrações e vai servir também como uma comanda, caso você queira contratar serviços não inclusos no seu combo (e depois você acerta esses extras na saída).

A primeira atração logo que você entra é o simulador de esqui. É um cinema “muitosD”, onde você fica em pé em uma espécie de plataforma vibratória acompanhando um vídeo um tanto quanto infantil. Se estiver com tempo aproveite, vale a pena testar (mas não espere algo extraordinário).

Depois, você pode seguir para a patinação. Nessa hora, você deve alugar um armário para deixar suas coisas (caso não tenha ninguém pra ficar segurando). Você recebe joelheiras, cotoveleiras, capacete e patins. Quando pronto, você entra na pixta e tem 20 minutos para patinar (você mesmo tem que monitorar seu tempo, mas tem um relógio bem a vista). Bom, essa foi a pista de patinação onde eu mais vi gente caindo! O negócio é levantar, sacudir a neve e dar a volta por cima! Raramente aparece alguém que sabe patinar super bem, mas a diversão é garantida para todo mundo.

Ponto positivo: trilha sonora bacana na patinação.

patinacao

Fonte: www.snowland.com.br

Depois disso, você pode passar para a Montanha de Neve! Bem da verdade, você pode fazer isso tudo na ordem que quiser, mas eu acho mais interessante deixar a Montanha de Neve pro final, porque se você fizer esportes de neve vai sair de lá muito cansado e pode não querer patinar. Quando você entra no parque você ganha uma senha de acesso a Montanha, e tem que verificar na tela quais as senhas chamadas. Se o parque estiver lotado, talvez você tenha que esperar (aproveite esse tempo pra patinar, ir no simulador de esqui, passear nas lojinhas do Vilarejo Alpino…). Quando sua senha estiver liberada, você entra e recebe o Kit Neve (calça, jaqueta, capacete, bota e luva). Você vai se sentir muito lindo naquela roupa azul e laranja sem bolsos (que você veste por cima da sua) e vai sentir uma leve dificuldade em reconhecer os seus amigos.

pista_esqui

Se você pretende entrar só pra experimentar um frio louco, o bumper car, o tubing e o café quentinho e o show, você veste o seu kit neve e tá prontinho pra aproveitar. Só quando você está vestido e pronto pra entrar é que você passa seu relógio e começam a contar as suas 2 horas. Dizem que faz -3 graus lá dentro, mas eu achei bem ok (talvez eu já esteja um pouco acostumada com esse tal de frio). Se você é friorento, vai com uma roupa quentinha pra garantir (e vá de meias!!!).

Mas se você, assim como eu, também quer praticar um esporte de neve, você tem que alugar o esqui/snowboard. O aluguel do equipamento custa R$ 40 (passa o relógio e paga na saída). É recomendável que você faça aulas de esqui/snowboard caso não tenha nenhum conhecimento prévio do esporte (as aulas custam R$ 65). Eu sugiro que você alugue o equipamento ainda antes de entrar na Montanha (tem um estande ali do ladinho da entrada), porque é o aluguel do equipamento que libera as botas específicas (que te fazem andar feito um palhacinho). Assim você já pode pegar as botas específicas e ficar as 2 horas praticando esportes, ou pode pegar a sua bota de neve, passear lá dentro, aproveitar o tubing (que é bem legal) e depois sair e trocar pela sua bota específica e pegar seu equipamento.

Minha experiência: Eu nunca tinha andado nem de esqui nem de snowboard – e também não fiz aulas. Eu fui duas vezes no Snowland e pude testar os dois esportes e, depois de testar, posso dizer que o esqui é muito mais fácil – mesmo – opinião minha e do namorido também. Quando andei de esqui eu aproveitei muito, achei bem tranquilo, caí uns 4 ou 5 tombos leves e saí de lá muito empolgada. Quando peguei o snowboard eu caí demais (e caí feio) e acabei aproveitando bem menos (no momento em que escrevo esse post ainda sinto dores, rs). Então se você não tem noção de nenhum dos dois esportes, vai no esqui que é bem mais amigável.

De início, você pode começar descendo só “meia pista” pra pegar confiança. Depois, você pode usar uma esteira que te leva lá pra cima, onde é mais emocionante. Garanta que você sabe fazer curvas, pois tem duas redinhas no meio da pista que te obrigam a desviar.

Ponto Negativo: acumula um monte de gente no final da pista (que tá só olhando e tals), feito pinos de boliche só esperando pra algum desastrado fazer o strike.

snowland_2

Você pode aproveitar suas 2 horas lá dentro e, caso você se perca no tempo, você paga pelos minutos excedentes (cerca de 70 centavos por minuto). Quando você sai você devolve as roupas e equipamentos (a luvinha é cortesia) e na saída do parque você devolve o relógio e acerta suas continhas extras.

A conta, pra quem quer praticar esportes, fica mais ou menos assim:

  • R$ 10 – estacionamento
  • R$ 10 – aluguel do armário (pode compartilhar com os amigos)
  • R$ 99 – combo neve (79 para estudantes)
  • R$ 40 – aluguel do equipamento (esqui ou snowboard)
  • Total: R$ 159 (conte + 65 se você fizer aula)

Daí você me pergunta: mas Monique, você saiu da Suíça pra esquiar no Snowland ~tá louca? Bom, em minha defesa preciso contar pra vocês que esquiar na Suíça é uma brincadeira bem cara. No nosso caso, temos que pagar o transporte até a estação de esqui, o aluguel de roupas, o aluguel do equipamento, o passe de entrada na estação… esses R$ que gastamos em Gramado não servem nem pro começo. Então achamos interessante fazer um “reconhecimento” aqui, e agora que já sabemos como é, temos um pouco de noção do esporte e adoramos, vale mais a pena pagar pra esquiar na Suíça. Inverno europeu, se apronte que eu quero lhe usar!

* Como a roupa de neve não tem bolsos, ficou pouco prático ter um celular a mão pra tirar muitas fotos. Pra quem quer ver um pouquinho mais, é só acessar o site do Snowland, clicando aqui.
* Gramado fica na Serra Gaúcha, distante uns 70 km de Caxias do Sul e 125 km de Porto Alegre. A cidade, além de ser muito charmosa, tem várias atrações turísticas.
* Estive lá em dezembro 2014 e janeiro 2015.
Gostou desse post?
Cadastre-se e receba todas as nossas dicas, artigos e tutoriais por email!
Conversa com a gente
  1. 26/01/2015 às 01:26

    Ei Kah, parabéns pelo site, estou apaixonado. Você oferece muita qualidade, criatividade e é muito linda.
    Estarei sempre por aqui, acompanhando-a.
    Todo sucesso do mundo tá?
    Um abraço grande. :)

    • 26/01/2015 às 12:39

      Oi Murillo!
      Eu não sou a Kah, mas passo o recado pra ela, uahahauauahuha
      Abraços e volte sempre mesmo!

  2. 25/01/2015 às 22:32

    Gramado em si é fantástica e com esse parque agora, tá melhor ainda.

  3. 24/01/2015 às 16:50

    Um desejo agora ? Ir pra gramado, por que eu não vou aguentar muito tempo nesse calor de SP não, haha.

    Beijos <3
    http://parasemprenewyork.blogspot.com.br

    • 26/01/2015 às 12:42

      Sabe que eu me senti meio “má” escrevendo sobre neve justo enquanto estamos passando esse calor todo!
      =)

  4. Poliana
    24/01/2015 às 11:50

    Eu amei a experiência, estive lá em novembro e foi um ótimo passeio, as crianças “piram”. Um passeio ótimo pra quem tem criança, um jeito dos adultos aproveitarem também! Gramado é especial, um passeio que todos deveriam fazer. Amo a cidade, e tudo que tem pra fazer, comer, comprar….perfeito. Bjos

    • 26/01/2015 às 12:46

      Gramado é mesmo uma opção ótima pra um passeio em família: tem diversão pra todo mundo (eu acredito nesse as crianças “piram”, porque a experiência é bacana mesmo). E olha que eu me contive em falar só do Snowland, mas a cidade tem mesmo muitas outras atrações (a comida nem se fala…).
      Bjos!

  5. Franci Pacheco
    24/01/2015 às 11:44

    Que surpresa ver esse post por aqui hoje, sou de Gramado e é bacana ver o reconhecimento o///

    • 26/01/2015 às 12:50

      Que legal!
      Gramado é uma cidade cheia de coisas bacanas pra se fazer, acho que merece totalmente a visita (não é a toa que vive cheia de turistas do Brasil inteiro). E no meu caso é pertinho, porque eu sou de Caxias =p

  6. 24/01/2015 às 00:18

    Nossa, não sabia que tinha neve aqui no Brasil, só tinha visto pista de patinação no gelo. Pareceu bem legal e, prando pra pensar, realmente acaba saindo em conta, já que esquiar é sempre um programa caro.

    http://www.issoaquiloetal.wordpress.com

    • 26/01/2015 às 12:53

      Olha, parece uma brincadeira cara quando a gente vê o preço pela primeira vez. Mas depois que você faz as contas, vê que é um valor mt bom pra quem ta aprendendo (ninguém quer pagar caro pelos primeiros tombos). Vale a experiência!

  7. 23/01/2015 às 22:04

    Que lugar demais hein?Sonho em conhecer…beijo